Buscar
  • Paiva Netto

Verdade

Por Paiva Netto

Idalina Cecília e Bruno Paiva (Imagem: Arquivo Pessoal)

Em 3 de dezembro, celebramos o Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, oportuna data instituída pelas Nações Unidas em 1992. Trata-se de uma vitória, pois visa ao aumento da consciência dos povos para a melhoria das condições de vida daqueles que enfrentam algum tipo de necessidade especial. Não por acaso, em 2/12 temos o Dia Internacional para a Abolição da Escravatura. Entre as execráveis formas de escravidão conhecidas, o cativeiro do isolamento, ao qual, por vezes, os deficientes são condenados, urge também ser abolido.


Conheço de perto a luta das pessoas com deficiência, mas sei igualmente da força de vontade que são capazes de desenvolver. Minha querida e saudosa irmã, Lícia Margarida (1942-2010), não enxergava. Contudo, com muito esforço, dedicação e Amor Fraterno pelas criaturas, conquistou a grande habilidade de ser feliz. Sua afabilidade no trato humano era impressionante. Além de ter um senso de humor saudável, sua memória era espetacular.


Habitando hoje o Mundo Espiritual, ao lado de nossos amados pais, Idalina Cecília (1913-1994) e Bruno Paiva (1911-2000), Lícia segue sua jornada evolutiva, agora com os olhos iluminados pela vida em outra dimensão. Os mortos realmente não morrem!


José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV), membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter). Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade. Saiba mais em www.paivanetto.com/livros.