top of page
Buscar

Sinta o sopro da vida

Por Cesar Romão


Foto: Pixabay

Nos caminhos que percorremos, é possível notar que a vida é dez por cento daquilo que acontece conosco e noventa por cento de como lidamos com o que nos acontece. Nossas experiências seriam distintas mesmo se tivéssemos um clone. Buscar coisas que nos deem a sensação que estamos vivos é sentir o sopro da vida.


Quando resolvemos encontrar desculpas para não fazer algo, elas surgem em baciada e fica facial justificar o “não fazer”, porém o sopro da vida somente poderá ser sentido quando ao invés de buscarmos motivos para “não fazer”, buscamos motivos para fazer e circular por fora de justificativas que nos colocam na roda do “jogo do contente”.


No mundo, há apenas uma pessoa que não podemos enganar o tempo todo, não podemos enganar a nós mesmos o tempo todo. Um dia, você vai se deparar com você e há no mundo apenas uma pessoa que levamos a todos os lugares que vamos, nós mesmos.


As tentativas de vivenciar diferenciais que nos tornem irrelevantes diante de nós é um dos muitos sopros de vida que podemos agregar para mudar nossa disposição. Valorizar mais tudo aquilo que independe de valores financeiros; valorizar mais as pequenas vitórias e os pequenos gestos de sinceridade e carinho. Atuar como uma barreira dizimadora de fatos desagradáveis e noticias hostis. Toda pessoa tem de sentir-se livre para dar o seu melhor e descobrir sua grandeza.


Ofereça emoções que despertem entusiasmo à sua volta, sendo você a mudança que deseja ver no mundo a sua volta, leve seu coração para trabalhar com você, seja uma pessoa normal com insights de doideira, talvez tenha mais chances de tudo dar certo. Seja melhor hoje do que foi ontem, amanhã você vai precisar ser melhor do que foi hoje e somente assim poderá perpetuar sua condição de sentir o sopro da vida.





Cesar Romão é palestrante e escritor de best-sellers.



Comments


bottom of page