Buscar

Restaurantes de SP adotam protocolos para reabertura

Estabelecimentos adaptam horários, espaços e até mesmo menu, a fim de garantir a segurança do cliente.

Da Redação


Foi confirmada nesta sexta-feira (3/07), pelo prefeito Bruno Covas, a reabertura de restaurantes e bares para a próxima segunda-feira (6/07). Divulgada no dia 26/06 pelo governador João Doria, a autorização para a reabertura vem acompanhada de restrições, definidas pelo comitê de contingência de combate ao coronavírus no estado.


As especificações definem que os restaurantes devem ter áreas arejadas para permitir circulação natural de ar. Além disso, a capacidade de atendimento deve ser limitada a no máximo 40% do salão e o atendimento deve ser em horário reduzido e limitado (apenas seis horas por dia e até as 17h).


Eles também devem adotar os protocolos sanitários e disponibilizar máscaras, álcool gel, distanciamento mínimo de 1,5m entre as mesas. Para garantir a proteção dos clientes, diversas casas adotaram medidas que vão desde cabine de desinfeção à novo menu.

É o caso do Presidént, restaurante do famoso chef Erick Jacquin. Logo na entrada, os clientes passarão por uma cabine de desinfecção onde higienizam as mãos com álcool em gel e recebem um saco plástico esterilizado para armazenar a própria máscara. As mesas contam com um distanciamento de 2 m entre as mesas e os menus poderão ser acessados via leitura via QR code.


Já o restaurante Spot, na região da Paulista, além das medidas de higienização e cardápio via QR code, também terá aferição de temperatura dos clientes na entrada e temperos servidos em sachês individuais. Localizado na região da Augusta, o Bistrot de Paris instalou barreiras naturais de plantas verdes e a equipe deverá fazer a higienização dos talheres na frente dos clientes.


Apesar da liberação, alguns estabelecimentos optaram por não reabri agora. É o caso do Bar da Dona Onça e a Casa do Porco, na região da República, além de outros endereços badalados Mocotó, Balaio, Lilu e Maní.


“Nós só vamos reabrir quando nos sentirmos seguros, com planejamento de utilização das calçadas, com distância social ao ar livre”, afirma Janaina Rueda, sócia do Bar da Dona Onça e da Casa do Porco.


15 visualizações

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br