Buscar

Prefeitura doa mais de 300 animais e castra 58 mil em 2020

Atualizado: há 6 dias

Diante do contexto da pandemia, Cosap apostou em serviço online para atender população da cidade

Foto: Victor Caldas

Companheiros nos momentos alegres e de dificuldades, cães e gatos têm sido um alento para seus tutores durante o isolamento recomendado para evitar o contágio da Covid-19. De acordo com balanço realizado pela Cosap (Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico), da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo, 311 animais foram doados em 2020 no Centro Municipal de Adoção.


Fechada para visitação desde março por medida de segurança, a unidade teve de se reinventar para que cada bichinho tivesse um lar. Foi criado um serviço, por meio do portal 156 (https://sp156.prefeitura.sp.gov.br/), para o fornecimento de informações com fotos e perfis dos animais. Após a triagem online, é realizado agendamento de visita presencial, para que os interessados conheçam e interajam com o animal. Se houver a compatibilidade entre eles, a adoção é concluída.


Foi o que aconteceu com o cineasta Daniel Satta, que passou por todo o processo online, até adotar as gatas Dara e Lucy com dois meses de vida, em abril de 2020. "Toda minha família já conhece o Centro de Adoção, somos todos adotantes de gatos e sempre damos preferência para adotar por lá", explica. Segundo Daniel, a companhia das duas tem contribuído para que a quarentena e o isolamento sejam mais leves. "Moro sozinho e realmente estão fazendo a diferença. E o fato de elas serem irmãs e terem passado todo o tempo juntas faz a relação delas ser incrível", finaliza.


Apesar do resultado comemorado pela Cosap, o número de adoções em 2020 foi 38% menor do que o de 2019 - 505 no total. De acordo com a coordenadora de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico, Analy Xavier, a redução está diretamente ligada à pandemia. "Mesmo com a suspensão das visitas, nossos animais continuam aguardando o grande dia em que terão uma família. Temos atualmente 166 cães e 58 gatos, todos castrados, microchipados, vermifugados e prontos para dar e receber muito amor e carinho", conta.


Castrações

Outro serviço disponibilizado à população pela Cosap é a castração de cães e gatos. Para evitar aglomerações, os mutirões em escolas e pelos castramóveis foram suspensos, mas o serviço não parou. Os munícipes conseguem obter o Termo de Encaminhamento por meio do Portal 156, de maneira totalmente online, para castrarem seus animais em uma das clínicas contratadas pela Prefeitura. Em 2020, mesmo no contexto da pandemia, a Prefeitura de São Paulo castrou mais de 58 mil.


Além dos serviços de adoção e castração, a Cosap voltou sua atenção para os animais em situação de vulnerabilidade durante a pandemia. Foram arrecadadas e doadas 14 toneladas de ração para alimentar cães e gatos dos territórios indígenas e da população de rua da capital. Houve também a inauguração do Hospital Veterinário Público na Zona Sul, a terceira unidade para atendimento de toda a população da cidade, além do lançamento do cartão Cuida Bem - Idoso, que incentiva a adoção de animais acima dos oito anos ao garantir serviço preferencial aos bichos nos hospitais municipais.


Na cidade de São Paulo, a estimativa é de que existam 1.874.601 cães e 810.170 gatos domiciliados em área urbana. Um total de 2.684.771 animais domésticos, segundo estudo publicado pelo ISA-Capital 2015.

4 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br