top of page
Buscar

Neymar escolheu ganhar dinheiro no futebol

Por Roberto Maia


Em um movimento que surpreendeu o mundo do futebol, Neymar oficialmente é jogador do Al-Hilal da Arábia Saudita. Com 31 anos de idade, o atacante brasileiro assinou um contrato válido pelas próximas duas temporadas com o clube saudita, marcando um novo capítulo em sua carreira.

O camisa 10 da Seleção Brasileira terá uma vida de xeque na Arábia Saudita onde receberá até por posts e stories no Instagram. (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Se o sonho de Neymar era ficar bilionário jogando futebol, ele conseguiu com louvor. Mas se o seu sonho de criança ser o melhor do mundo como foram Ronaldo, Ronaldinho, Messi, Cristiano Ronaldo e mais um seletíssimo grupo de gênios da bola, ele será um frustrado pelo resto dos seus dias. Mas como dizem que dinheiro não traz felicidade e sim compra, ele e suas futuras gerações estarão muito bem garantidos.


Para trocar o primeiro escalão do futebol pelo Al-Hilal, Neymar receberá um total de 320 milhões de euros, aproximadamente R$ 1,7 bilhão, incluindo salário, luvas e acordos comerciais. Esta cifra astronômica se traduz em mais de R$ 70 milhões por mês, ou cerca de R$ 2,3 milhões a cada dia.


Assim, o milionário Al-Hilal não apenas contrata um jogador de classe mundial, mas também faz história ao realizar a maior contratação já feita por um time não europeu.


Neymar deixa o Paris Saint-Germain, onde tinha contrato até 2027, sem nunca ter encantado os torcedores franceses. O PSG receberá um total de 100 milhões de euros (cerca de R$ 540 milhões), incluindo bônus e variáveis, pela transferência do jogador.


Antes mesmo de vestir a camisa do Al-Hilal, Neymar já faz planos para o futuro. De acordo com o jornal L'Equipe, o jogador pensa em retornar ao cenário do futebol europeu após o término de seu contrato na Arábia Saudita, quando terá 33 anos. Assim, terá maiores chances de ainda disputar mais uma Copa do Mundo em 2026, agendada para ocorrer nos Estados Unidos, no México e no Canadá.


Neymar terá uma vida de xeque na Arábia Saudita, país que usará a fama e visibilidade do jogador para passar uma imagem positiva ao resto do mundo. Comenta-se que o brasileiro ganhará 500 mil euros (cerca de 2,7 milhões) quando postar coisas boas sobre o destino do Oriente Médio na sua conta no Instagram, que conta com mais de 211 milhões de seguidores.

Neymar foi a contração mais cara da história do futebol mundial, quando trocou o Barcelona pelo PSG em 2017 por 222 milhões de euros. (Foto: PSG Reprodução neymarjr.com)

O contrato do camisa 10 da seleção brasileira envolve muito mais que os jogos do Al-Hilal. Neymar ganhará prêmio de 80 mil euros, cerca de R$ 430 mil, por vitória. Além disso, ele terá uma mansão com uma equipe completa de empregados à sua disposição nas 24 horas do dia, bem como um jatinho particular e até poderá morar com a namorada Bruna Biancardi mesmo não sendo casado legalmente com ela, o que por lei é proibido na Arábia Saudita.


Caso esteja com cabeça para jogar futebol, ele certamente irá deitar e rolar no campeonato saudita, que pode ser considerado a Série D do futebol mundial. No Al-Hilal, ele jogará ao lado de Rúben Neves, Milinkovic-Savic, Koulibaly e Malcom (ex-Corinthians), que foram contratados a peso de ouro. Elenco milionário que será comandado pelo técnico Jorge Jesus (ex-Flamengo, Benfica e Fenerbahçe). O time gastou 280 milhões de euros somente nesta janela de transferências, maior valor da Liga Saudita.


Enquanto ele se adapta ao futebol saudita, os olhos do mundo do esporte permanecerão fixos nele, ansiosos para testemunhar como será o seu desempenho em campo e fora dele.



Roberto Maia é jornalista e cronista esportivo. Iniciou a carreira como repórter esportivo, mas também dedica-se a editoria de turismo, com passagens por jornais como MetroNews, Folha de São Paulo, O Dia, dentre outros. Atualmente é editor da revista Qual Viagem e portal Travelpedia.



Comments


bottom of page