Buscar
  • Redação JBA

Fome: Como ajudar pessoas a comer e sobreviver na pandemia

O agravamento da pandemia no país tem colocado pressão ainda maior sobre a vida de pessoas já vulnerabilidades socialmente. A alta no desemprego e no preço dos alimentos faz com que comer todos os dias seja um desafio para milhões de brasileiros.

Para ajudar nesse momento de crise, a Ecoa (UOL) listou entidades, iniciativas e projetos, por todo Brasil, que ajudam comunidades, favelas e minorias étnicas. Se você puder contribuir, é só escolher para qual ou quais grupos gostaria de doar.


Brasil


Tem Gente com Fome A Coalizão Negra Por Direitos, em parceria com a Anistia Internacional, Oxfam Brasil, Redes da Maré, Ação Brasileira de Combate às Desigualdades, e outros, lançaram uma campanha para arrecadar fundos e para ações emergenciais no enfrentamento da crise. São mais de 222 mil famílias, mapeadas, formadas, sobretudo, por pessoas negras, periféricas e em situação de vulnerabilidade em todo o Brasil. Acesse: www.temgentecomfome.com.br ou depósito em conta corrente para Associação Franciscana DDFP CNPJ: 11.140.583/0001-72 Banco do Brasil Agência: 1202-5 Conta Corrente: 73.963-4 Chave PIX: 11.140.583/0001-72


Gerando Falcões - Corona no Paredão No ano passado, a ONG arrecadou 25 milhões de reais que beneficiaram 420 mil famílias faveladas por todo o país. De lá para cá as doações caíram, mas com a guinada na crise sanitária e econômica no país, a ONG lança uma nova campanha: #CoronanoParedão. As doações são feitas pelo site e os valores são convertidos em cestas básicas digitais. O benefício terá duração de dois meses e as famílias receberão um cartão com R$ 150 cada mês. A ONG acredita que, ao dar o dinheiro em vez de cestas básicas, a doação acaba ajudando a movimentar pequenos mercadinhos e comércios da comunidade. gerandofalcoes.com/coronanoparedao


Fundo de Solidariedade para Famílias Sem Teto O MTST irá construir 16 cozinhas em municípios periféricos de 11 estados do país com o projeto Cozinha Solidária. A primeira foi inaugurada na Brasilândia, em São Paulo, e a próxima será em Maceió. A proposta é distribuir almoço gratuito para as famílias em situação de vulnerabilidade. Ajude pelo financiamento coletivo, neste link: apoia.se/cozinhasolidaria Ou por PIX: CNPJ: 28.799.171/0001-41 Instagram: @mtstbrasil


Movimento de Luta nos Bairros, Vilas e Favelas O MLB está organizando uma campanha de arrecadação financeira em vários estados para a compra de cestas básicas e materiais de limpeza para as famílias sem-teto organizadas no movimento. O resultado das doações é informado em suas redes sociais. Para contribuir via PicPay, acesse o link: picpay.me/mlb_brasil www.mlbbrasil.org/fale-conosco


Fundo solidário Mães da Favela - Central Única das Favelas CUFA Fundo solidário para o enfrentamento da covid-19 para mães, chefes de família, em comunidades e favelas. O projeto doa cestas básicas e cestas digitais - o valor de R$ 120 em dinheiro, por dois meses. www.maesdafavela.com.br Instagram: @cufabrasil


Ação da Cidadania Diante do atual cenário em que o país vive e com o intuito de minimizar a situação da fome, a Ação da Cidadania lançou a campanha "Brasil Sem Fome". O objetivo da ONG é fazer doações de cestas básicas para todo o país de forma ininterrupta, principalmente para aquelas regiões onde a logística é mais complicada com a intenção de não deixar nenhuma comunidade ou família desassistida. A Ação da Cidadania foi fundada em 1993 pelo sociólogo Herbert de Souza, conhecido como Betinho, com o intuito de combater a fome e a desigualdade socioeconômica em nosso país e ajudar os mais de 32 milhões de brasileiros vivendo abaixo da linha da pobreza naquele ano. As doações podem ser feitas através do site exclusivo da campanha: https://www.brasilsemfome.org.br/ Instagram: @acaodacidadania Banco do Brasil CNPJ: 00.346.076/0001-73 Ag 1211-4 CC 500.537-x (trocar por o x por zero se for de outro banco) Itaú Ag 0417 CC 65638-6


G10 Favelas O G10 Favelas é um bloco de líderes e empreendedores de impacto social das favelas e todo o dinheiro doado é revertido em bens para as comunidades. A organização sem fins lucrativos entregou centenas de milhares de kits de higiene e cestas básicas. Em 2021, você pode ajudar acessando o site https://g10favelas.com.br/.


Gastromotiva A organização, fundada pelo chef e empreendedor David Hertz em 2006, oferece formação profissional para empreendedores, auxiliares e chefs de cozinha com o objetivo de também torná-los mobilizadores comunitários. A entidade lançou a campanha Chega de Fome e quer alimentar 2 milhões de pessoas. Para contribuir com qualquer quantia, clique neste link ou use a chave PIX: 08.505.223/0001-12


Família Apoia Família A plataforma conecta diretamente quem pode ajudar com ONGs que precisam de apoio para levar alimentos e itens básicos a famílias pelo Brasil. No ano passado foram arrecadados para de R$ 12 milhões, distribuídos entre 86 entidades. Para doar, é só acessar o site da plataforma na Benfeitoria. Combate a Fome da ActionAid.


São Paulo


Complexo de Paraisópolis - SP Fazendinhando - SP. O projeto transformou um espaço na comunidade Jardim Colombo, que antes era um lixão, em um parque com brinquedos e horta comunitária. As doações podem ser feitas pelo site do projeto. site Início (fazendinhando.org)


Mãos de Maria - SP. O projeto criado por mulheres moradoras de Paraisópolis ajuda a alimentar famílias do complexo neste período de pandemia. Para doar alimentos, a entrada pode ser feita no Galpão Social da favela de Paraisópolis, aos cuidados do grupo Mãos de Maria. Para doações em dinheiro, acesse o financiamento coletivo Ajude nossas Marias a vencer a fome em Paraisópolis | Vaquinhas online (vakinha.com.br)


Okupa Alcântara Machado - SP Com apoio da comunidade, de atores comunitários e iniciativas como o Solidariedade Vegan, do casal João Gordo e Vivi Torrico, a ocupação localizada embaixo do viaduto Alcântara Machado (altura do número 950, cruzamento com a Rua Piratininga), na zona leste, criou uma cozinha comunitária e recebe alimentos não perecíveis, produtos de limpeza e higiene pessoal, além de máscaras e álcool em gel. Você também pode doar por PIX: corote.molotov@gmail.com. Dados bancários: Banco BMG (nº 318) Agência: 0044 Conta Corrente: 7182476-5 Carlos Henrique Ferreira CPF: 061.722.409-94 Instagram: @corotemolotov Instagram: @solidariedadevegan


Padre Julio Lancellotti da Paróquia de São Miguel Arcanjo - SP A paróquia do padre Julio atua incansavelmente apoiando a população em situação de rua da região leste/central da cidade. Ajude via Pix: 63.089.825/0097-96, ou por depósito bancário: Banco Bradesco Ag: 0299 Conta corrente: 034857-0

Cnpj: 63.089.825/0097-96 Instagram: @padrejulio.lancellotti


Paróquia Bom Jesus dos Passos - SP A paróquia localizada em Pinheiros realiza todas sextas e sábados um jantar para quem precisa. Faz esse trabalho há 30 anos e recebe doações de alimentos no endereço: Praça Portugal, 20 - Pinheiros. Para mais informações, é só entrar em contato pelo número (11) 3085-9740 ou pelo Facebook: https://www.facebook.com/paroquiabomjesusdospassos


Cooperativa dos Agricultores Quilombolas do Vale do Ribeira - Cooperquivale - SP Atualmente é composto por 276 cooperados, de 16 comunidades quilombolas, localizados em Jacupiranga, Eldorado, Iporanga e Itaóca. Ajude comprando a cesta de alimentos na feira na sede da Cooperqvale ou receba a lista por WhatsApp, enviando uma mensagem para o número: (13) 98166-3195 Endereço: Feira do Produtor das Comunidades Quilombolas, todas as Terças Feiras, Rua Presbítero Alício de Freitas n° 211 - Vila Nova Esperança - Eldorado/SP. facebook.com/coopequivale.cooperativa... -


Fundação ABH - SP A Fundação ABH reativou sua campanha de arrecadação para levar alimentação às famílias periféricas durante a pandemia. O objetivo da campanha é apadrinhar famílias por um período de 6 meses com R$ 200,00 por mês. E, ao invés de doar cestas básicas, distribuir cartões alimentação. Hoje, a fundação tem 6.324 famílias cadastradas e para atendê-las precisam arrecadar R$ 7.588.800,00. Para conhecer os resultados da campanha em 2020 é só entrar no site https://www.fundacaoabh.org.br/covid-19. Link da campanha é: https://linktr.ee/fundacaoabh


Fonte: www.uol.com.br/ecoa

24 visualizações0 comentário