Buscar

Corregedoria da Polícia Militar completa 70 anos

Por Coronel Camilo


No último dia 16, a Corregedoria da Polícia Militar de São Paulo completou 70 anos de atividades. É uma área de extrema importância dentro da Corporação por ser responsável  pelo sistema disciplinar da PM, coordenando a apuração de desvios de conduta e possíveis punições. Com isso, é possível manter um serviço de qualidade ao cidadão, como se espera em uma sociedade. Mais ainda: a unidade atua no esclarecimento de crimes em que a vítima é o policial. 

Para se ter uma ideia, no período em que fui o Comandante Geral, de 2009 e 2012, aproximadamente 500 policiais foram feridos, em média, por ano. Infelizmente, o dado nem sempre é divulgado para que a população também saiba que o PM veio da sociedade e corre os mesmo riscos, como todo cidadão e também morre por ser policial, deixando família e filhos. Para esse tipo de trabalho, existe a equipe PM Vítima da Corregedoria, que faz a proteção aos policiais militares e seus parentes que se sentirem ameaçados.

A Corregedoria está localizada no centro da cidade e conta com um patrulhamento disciplinar ostensivo. O efetivo é, atualmente, de 687 policiais. Para que todos entendam, as atividades da Corregedoria são divididas em três departamentos: administrativo, operacional – seções de investigação e  pelotões de fiscalização ostensiva – e o departamento técnico.

Independentemente da área de atuação, a PM trabalha com base em três princípios básicos: Direitos Humanos, com foco no cidadão; Polícia Comunitária, que tem como objetivo aproximar o morador da polícia, e Gestão pela qualidade. A nossa Corregedoria atua da mesma forma, sendo uma unidade respeitada e protetora da família policial e do cidadão.

Quando as apurações resultam em cometimento de infrações disciplinares, tornam-se objeto de punições disciplinares ou processos administrativos, visando o desligamento dos policiais em determinados casos. Quando há indícios de infrações penais, militares ou comuns, o resultado é remetido à Justiça Militar ou Comum para a adoção das medidas penais cabíveis, de acordo com as competências. É assim que trabalha toda a Polícia Militar do Estado de São Paulo: com transparência, seriedade e foco no cidadão.

Quando Deputado Estadual, na Assembleia Legislativa, pude fazer uma solenidade para destacar esse trabalho. Reunimos comandantes e também os policiais que integram a Corregedoria para explicar a relevância deste serviço e prestar as devida homenagens. É sabido que os nossos homens e mulheres são treinados para enfrentar o infrator da lei, não o cidadão. O exercício da polícia ostensiva requer atenção e atuação de ponta, que pode variar desde uma informação preliminar e corriqueira até a coordenação de casos maiores. Parabéns por mais esse aniversário de existência.


Coronel Camilo é secretário-executivo da Polícia Militar. É formado em Administração de empresas pelo Mackenzie, com bacharelado em Direito pela Universidade Cruzeiro do Sul e pós-graduado em Gestão de Tecnologia da Informação pela FIAP e em Gestão de Segurança Pública pela Secretaria Nacional de Segurança Pública.

2 visualizações

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br