Buscar
  • Redação JBA

Como ter um guarda-roupa funcional

Ter um guarda-roupa funcional é um verdadeiro desafio que requer muita organização e disciplina. O guarda-roupa funcional é composto por peças versáteis que contribuem na praticidade do dia a dia e para a organização do tempo. A hora de escolher um look é importante, mas a verdade é que perder tempo não é o que buscamos.

Para não nos perdermos durante esse processo, a consultora de moda Camila Cavalcante explica que para ter um guarda-roupa funcional é necessário seguir alguns passos e até mesmo usar a criatividade. A especialista diz que a proposta é ter uma infinidade de looks com as peças que já temos. Abaixo, a profissional deixa três dicas valiosas.


Organize o seu guarda-roupa

Camila explica que o primeiro passo é organizar o guarda-roupa. Conforme a especialista, tirar do espaço visual as roupas que não usamos mais é um interessante, guardá-las em uma mala ou dispensa também é opção. Seguindo com a dica, é imprescindível classificar as peças em 3 pilhas:

  • Desapego: Escolha as peças que você não vai mais usar e doe-as.

  • Conserto: O espaço destinado a roupas que precisam de algum tipo de reparo.

  • Manter: As roupas que você de fato vai usar.

“É importante tirar do espaço visual aquilo que não usamos porque além de impedir a visibilidade daquelas peças que podem ser usadas, elas ocupam um espaço mental e dão a sensação de que você tem muitas roupas que não servem para ser usadas. Não adianta ter todas e se sentir mal, mantenha apenas aquilo que você sabe que vai ser aproveitado”, explica.


Setorize seu guarda-roupa por peças

Camila explica que a melhor forma de manter a organização é justamente organizando-as por peças. Esse nicho dá uma visibilidade a todos os itens que temos e é perfeito para pequenos espaços. Segundo a especialista, é fundamental que as melhores roupas estejam em destaque durante este processo. Outra ideia interessante é guardar nas gavetas os looks da estação anterior.

“O ideal é deixar nos nichos as peças da estação vigente e depois quando trocá-las conforme a estação. Isso ajuda muito a manter as peças que você pode criar mais looks no dia a dia e tem um impacto importante para o processo de aproveitamento das roupas”, diz.

Use a criatividade

A criatividade é um passo importante para a otimização do tempo. Segundo a especialista, é interessante tirar um dia a cada dois meses para experimentar as roupas que temos e pensar combinações variadas. Isso contribui para uma melhor gestão de tempo e para definir em quais ocasiões cada look se encaixa.

“Eu sei que a bagunça é grande, mas tente fazer disso algo divertido. Ouça músicas, chame uma amiga, esse momento é importante para o desenvolvimento do estilo pessoal. Existem combinações que você só vai saber se é a certa quando testar. Você também vai entender como as modelagens ficam no seu corpo. À medida que você vai exercitando, essas combinações ficarão ainda mais fáceis e naturais”, conclui.