Buscar
  • Redação JBA

Casa de Atenção oferece acolhimento psicológico para Guardas Civis Metropolitanos

Ação busca resgatar o equilíbrio emocional dos servidores e exercitar o olhar empático


A rotina de um profissional de segurança é desafiante. Todos os dias são diversas as suas atribuições realizadas com muita responsabilidade social. A partir desse cenário, em 2013, a Prefeitura de São Paulo, por meio Secretaria Municipal de Segurança Urbana, realizou um estudo de avaliação que detectou um aumento de estresse entre os servidores da Guarda Civil Metropolitana. Dessa forma, verificou – se a necessidade de cuidar do psicológico da corporação. Com base nisso, em 2014, foi criada a Casa de Atenção, um centro de acolhida que oferece atendimento social e psicológico para os servidores com conflitos pessoais e profissionais.


O atendimento é baseado na avaliação técnica dos psicólogos, que traçam uma linha de tratamento com base no perfil de cada paciente e partem de duas direções: o acolhimento espontâneo, quando o servidor procura atendimento por iniciativa própria, e os atendimentos encaminhados pelos gestores das Unidades da Guarda Civil Metropolitana (GCM), ao notar comportamentos discrepantes dos agentes. O acolhimento realizado no local é pessoal e sigiloso para garantir a privacidade do servidor.


Além disso, a Casa de Atenção fechou diversas parcerias com outras instituições que tratam da saúde mental e vícios em substâncias toxicológicas: Roda de Conversa (efetivado por um grupo dos Alcoólicos Anônimos – AA), Terapia Comunitária (efetivado na UNINOVE), Sindicato da GCM (servidores sindicalizados podem usar o serviço no próprio órgão), SIPAT (efetivado com a CIPA – realiza-se uma semana de palestra e cuidados com a saúde mental do servidor), visita domiciliar e acompanhamentos em casos de óbitos. Nas Unidades da GCM está presente as CIPAS que passaram a oferecer agendamento em saúde, encaminhamentos a consultas médicas, acompanhamentos psicológicos.


Atenção aos sinais

A Casa de Atenção tem dentre seus objetivos resgatar o equilíbrio emocional dos servidores e exercitar o olhar empático e observador entre a corporação. É necessário observar os sinais e estar atento a quaisquer demonstrações de descontrole emocional:

  • Estresse emocional;

  • Dificuldade no trabalho;

  • Perda de entes queridos/luto;

  • Problemas financeiros;

  • Dependência química (álcool e outras drogas).

O atendimento realizado na Casa de Atenção é acolhedor e humanizado e está aberto das 9h às 17h, na rua Tenente de Azevedo, 18 – Aclimação. Para agendar atendimento ou esclarecer dúvidas, contatar pelo telefone 3277-3644.

8 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br