top of page
Buscar

A inveja envenena

Por Padre Ezequiel Dal Pozzo


Foto: ArtHouse Studio

Eu quero falar para vocês hoje sobre a inveja. A partir de um fato, a pergunta que surge é a seguinte: será que existe uma única realidade ou a verdade é somente o que se apresenta para cada um de nós? Se é assim, tome cuidado com pessoas que possam alterar a sua visão das coisas para pior. Uma história que pode ajudar nisso é a seguinte: uma moça foi contratada como freelancer para trabalhar numa organização de festas por cem reais por dia, ela aceitou o contrato. Estava feliz porque naquele tempo das férias ela iria ganhar cem reais todos os dias que trabalhasse. Aconteceu que ela soube durante os eventos que ela foi para ajudar a organizar e que outras pessoas recebiam 150 reais por dia. Sentiu-se muito triste e com raiva, e também essa raiva ela não conseguiu esconder das pessoas que trabalhavam juntas. Por isso, a situação se tornou desconfortável para quem a contratou e para a contratada, e ela até nem foi convidada para participar dos outros eventos. Ela foi falar com a mãe e a mãe dela deu uma lição, ela disse as seguintes palavras: querer o que o outro tem é inveja, e inveja é veneno. Estava bom para você esse valor quando fechou o contrato? Então por que não estaria bom agora, menos de um dia depois?


Não olhe o que os outros recebem, não se preocupe com o que dizem, até porque pode nem ser verdade, e não se deixe envenenar. É uma colocação sábia da mãe. A partir desse dia, essa moça aprendeu a identificar quanto a inveja pode ser estimulada pelos outros e quanto isso pode ser prejudicial.


Veja bem, caro leitor, se você tem na sua vida alguém que fica ali apontando as coisas dos outros, estimulando você a sentir inveja, saia de perto dessa pessoa. Por outro lado, busque amizades que construam, busque a companhia daqueles que o ajudam a ser melhor, aprenda a identificar os que não merecem a sua amizade.


Um bom indicador para o adequado discernimento no que se refere à amizade é a capacidade que essa pessoa demonstra de se alegrar com as suas conquistas. Um dramaturgo irlandês chamado Oscar Wilde, certa vez escreveu: “Toda gente é capaz de sentir os sofrimentos de um amigo. Ver com agrado os seus êxitos exige uma natureza muito delicada”. Por isso, se alegre com o bem e o sucesso dos outros, a inveja envenena!


.

Padre Ezequiel Dal Pozzo é graduado em Filosofia e Teologia e mestre em Teologia Sistemática e acredita que a música tem poder de formar o espírito. Por meio de suas músicas e textos, busca ajudar as pessoas a encontrarem o verdadeiro sentido da vida. (contato@padreezequiel.com.br)


Comments


bottom of page