top of page
Buscar

Zebras soltas no Paulistão. Corinthians e São Paulo eliminados.

Por Roberto Maia


Não fosse pelo regulamento esquisito do Campeonato Paulista, que impõe jogos eliminatórios (mata-matas) nas quartas de final e semifinais, Corinthians e São Paulo ainda teriam possibilidades de chegar à final. Mas é a regra do jogo e os dois grandes estão fora. Perderam em casa – embora o Tricolor tenha mandado seu jogo no Allianz Parque – para Ituano e Água Santa, respectivamente. Agora é juntar os cacos e se preparar para o resto da temporada que será muito mais difícil.


No domingo o Timão jogando na Neo Química Arena lotada com quase 45 mil torcedores, ficou pelo caminho ao perder nos pênaltis para o time de Itu que até a rodada anterior lutava para não ser rebaixado à Série A2.


O jogo deixou claríssima a dependência do Corinthians pelo seu principal jogador, Renato Augusto. Sem ele o jogo não flui e a bola não chega aos atacantes com qualidade e rapidez. Paulinho, que o substituiu no jogo e apesar do gol que marcou, não conseguiu fazer a função.


Além da dificuldade de chegar ao gol do Ituano, o Timão ainda contou com uma falha pouco comum do gigante Cássio no gol do time do interior. Bem como viu Fábio Santo, Fagner e Gil desperdiçarem os pênaltis que bateram.

Um dos principais jogadores do Timão, o lateral-direito Fagner perdeu pênaltis decisivos para o Corinthians (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O treinador Fernando Lázaro também sofreu duras críticas por parte dos torcedores. Segundo eles, o técnico escalou errado o time e fez as substituições tarde demais. Apesar da derrota que tirou o Timão do Paulistão, o presidente corinthiano Duílio Monteiro Alves veio a público para garantir a permanecia de Lázaro no cargo.

O último jogo da rodada, na segunda-feira, colocou frente a frente o São Paulo e o Água Santa. O time de Diadema chegou às quartas de final ao se classificar com o mesmo número de pontos que o Tricolor. Apesar da pouca tradição na Série A1 do Paulistão, mostrou muita consistência na fase classificatória. A previsão era de um jogo difícil, mas tudo indicava que a superioridade do São Paulo iria se impor.


Mas não. Tal como no jogo do rival Corinthians, o Água Santa foi ao Allianz Parque com a missão de parar o Tricolor a todo custo. E com um sistema defensivo muito sólido não deu poucas chances ao São Paulo durante o jogo que terminou zero a zero.


Inclusive, no segundo tempo, quando se esperava um maior volume de jogo do São Paulo, os comandados de Rogério Ceni não tiveram praticamente nenhuma clara oportunidade de gol. O objetivo do Água Santa havia sido alcançado e nos pênaltis tudo poderia acontecer. E aconteceu o pior, o Tricolor perdeu duas cobranças e foi eliminado do Paulistão por 6 a 5.


Agora, o time do ABC Paulista, que chega à semifinal do Campeonato Paulista pela primeira vez na sua história, vai enfrentar o Red Bull Bragantino. Já o Ituano – que já foi campeão paulista nos anos de 2002 e 2014 – jogará contra o poderoso Palmeiras, que venceu o São Bernardo no sábado por 1 a 0. O Verdão agora é o favorito disparado para levantar a taça mais uma vez. Mas é bom ficar alerta, porque as zebras estão soltas no Paulistão 2023!

Apesar do esforço, o São Paulo não conseguiu abrir a sólida defesa do Água Santa, que chega pela primeira vez à semifinal do Paulistão. (Foto: Rubens Chiri/Saopaulofc.net)

Roberto Maia é jornalista e cronista esportivo. Iniciou a carreira como repórter esportivo, mas também dedica-se a editoria de turismo, com passagens por jornais como MetroNews, Folha de São Paulo, O Dia, dentre outros. Atualmente é editor da revista Qual Viagem e portal Travelpedia.


Comments


bottom of page