top of page
Buscar

Virada da Castração reforça a importância do serviço gratuito para cães e gatos na capital

As ações promovidas pela Cosap visam a conscientização dos tutores de animais

A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) e da Coordenadoria de Saúde e Proteção ao Animal Doméstico (Cosap), promove, até 28 de maio, a Virada da Castração para os cães e gatos do município. Embora o serviço esteja disponível durante todo o ano, a semana tem o objetivo de reforçar a importância do procedimento cirúrgico como um ato de cuidado e responsabilidade com o animal de estimação.


O Programa Permanente de Controle Reprodutivo de Cães e Gatos (PPCRCG) é um serviço da Prefeitura Municipal de São Paulo oferecido gratuitamente à população desde 2001. Nestas duas décadas de atuação, mais de um milhão e quatrocentos mil animais foram esterilizados cirurgicamente. Somente em 2022, foram realizadas 102.755 castrações gratuitas no município.


Benefícios para os pets

O procedimento traz uma série de benefícios para os pets. Além de evitar comportamentos indesejáveis, como a marcação de território e fugas, a castração reduz a ocorrência de diversas doenças, como: tumores de mama, de testículo e próstata, infecções uterinas, entre outros. “A expectativa é realizar cerca de oito mil castrações neste mês de maio. Os pets atendidos pelo programa municipal também recebem identificação por microchip, vacina contra a raiva e o Registro Geral do Animal (RGA)”, acrescenta Analy Xavier, coordenadora da Cosap.


Como obter o serviço

O atendimento na semana da Virada será feito pelas 17 clínicas veterinárias conveniadas do programa regular, espalhadas por todas as regiões da cidade, além de mutirões realizados em espaços públicos e unidades móveis, conhecidas por Castramóveis. No caso dos mutirões são atendidas regiões classificadas como prioritárias, segundo critérios epidemiológicos, demográficos e sociais, visando atender à população de maior vulnerabilidade social e, portanto, com menor acesso a serviços médicos veterinários.

Os documentos obrigatórios para obter o serviço nas clínicas contratadas são:


• Documento oficial com foto, constando RG e CPF do responsável pelo animal; • Comprovante de residência atualizado (emitido nos últimos 90 dias) em nome do responsável pelo animal; • Comprovante de vacinação contra raiva, quando houver.


Para fazer a solicitação, o tutor deve ser maior de idade, morar na cidade de São Paulo e possuir um animal de estimação com idade entre 3 meses e 10 anos. Os interessados no serviço feito pelas clínicas veterinárias devem obter o Termo de Encaminhamento e escolher a clínica contratada da prefeitura de sua preferência para a realização da cirurgia.


O Termo de Encaminhamento pode ser obtido de forma presencial ou on-line. Se a pessoa preferir a opção presencial, deve realizar agendamento prévio pelo portal 156 e em seguida comparecer a uma das praças de atendimento com os documentos obrigatórios. Nessa etapa não é necessário levar o animal, pois será feita somente a emissão do termo.


Pela internet, o processo é ainda mais simples e costuma ser o mais indicado. Basta buscar o serviço "Castrar cães e gatos gratuitamente" no menu animais do Portal SP 156 e fazer seu cadastro. Em seguida é necessário preencher um formulário online informando os dados do animal que deseja castrar. O tutor também precisará enviar pelo próprio sistema os documentos obrigatórios para solicitação do serviço e uma foto do animal que constará na carteirinha do RGA.


Depois de feita a solicitação, é só aguardar o contato da clínica para o agendamento e as orientações gerais. O tempo médio de atendimento pode variar de acordo com a clínica escolhida. Em 80% das clínicas credenciadas, a castração é realizada em até dez dias.

Comments


bottom of page