Buscar
  • Redação JBA

UBSs oferecem mais de 600 mil atendimentos odontológicos de janeiro a maio

Serviços oferecidos vão do tratamento de cáries à confecção de próteses totais e parciais

Imagem: Prefeitura de São Paulo

Para auxiliar a população a cuidar da saúde oral, 424 das 470 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da capital oferecem atendimento odontológico. O serviço tem como principal objetivo realizar ações de prevenção de doenças, promoção à saúde, diagnóstico, tratamento e reabilitação na saúde bucal.


O acesso do munícipe ao tratamento odontológico ocorre por meio de triagens de risco com a oferta de tratamentos para problemas como cáries, infecções dento-alveolares, periodontite, má oclusão e diagnósticos de lesões bucais. Além disso, 367 UBS realizam também a confecção de prótese dentária como Prótese Total (PT) ou Prótese Parcial Removível (PPR).


Entre janeiro de 2020 e maio de 2022, a SMS realizou 602.172 atendimentos com procedimentos protéticos, que deram um novo sorriso a 81.148 munícipes.


Próteses ajudam também na autoestima

Segundo Marta L. de Paula Cipriano, assessora técnica de saúde bucal da SMS, a atenção à saúde bucal é muito importante na medida que a boca e os dentes são responsáveis não apenas pela mastigação.


“Fornecer acesso do munícipe à Prótese Total (PT) ou Prótese Parcial Removível (PPR) restabelece também a função fonética. Além disso, com o novo sorriso há a melhora da autoestima, favorecendo até mesmo o retorno ao convívio social, familiar e a busca por um novo emprego”, destaca.


Entretanto, ainda há desafios para serem superados pelas equipes de saúde bucal, como por exemplo atender parte da população em situação de rua, como explica Marta.


“Quando falamos em população em situação de rua, os principais desafios incluem desde a falta de conhecimento do cidadão sobre higiene oral, sobre seus direitos e os tratamentos ofertados, até a dificuldade em ter o paciente livre do álcool e outras drogas para a realização do tratamento odontológico de forma segura, e em mantê-lo no território para a conclusão do tratamento”.


Em outra frente, a SMS também realiza um trabalho preventivo com crianças da rede pública de ensino municipal por meio do Programa Saúde na Escola (PSE). Os alunos participam de atividades educativas, recebem fluorterapia e tratamento restaurador atraumático – procedimento não invasivo para restauração de dentes cariados.


O programa contempla ainda a participação de pais e responsáveis, educadores com informações e orientações sobre saúde bucal. Dentre os assuntos abordados estão a dieta não cariogênica e orientação de higienização bucal.