Buscar

Teatro Viradalata comemora 15 anos de história com mostra de repertório infantil

Atualizado: há um dia

É possível retirar os ingressos gratuitamente na bilheteria do teatro e assistir ao vivo, mas as peças também serão exibidas pelo Youtube em tempo real para quem prefere não sair de casa


Fundada em 2005 por Alexandra Golik, a Cia Viradalata vem produzindo diversos espetáculos aclamados pelo público e crítica. Os cinco espetáculos infantis da companhia entram em cartaz no Teatro Viradalata a partir de 4 de janeiro de 2021 e ficam em cartaz até dia 29 de janeiro de 2021 de maneira híbrida: é possível assistir ao vivo no teatro ou online pelo canal do Youtube.


Toda a programação acontece de segunda a sexta-feira, às 16h, é gratuita e executada por meio da 1ª Edição do Prêmio Aldir Blanc de Apoio à Cultura da Cidade de São Paulo.


A companhia, que tem como uma das suas principais características a utilização dos fundamentos do teatro físico, além de estar intimamente ligada ao cômico e a técnica do palhaço, apresenta 20 sessões dos espetáculos, divididas em 5 espetáculos: Coquetel de Fadas, Os Três Mosqueteiros, Viralatas o Musical, História do Brasil e Medinho Medão.


Coquetel de fadas

Todas as segundas-feiras, às 16h


Tudo começa quando Chapeuzinho Vermelho, Cinderela e Branca de Neve estão na floresta, apressadas, correndo de volta para casa. Chapeuzinho se perdeu ao procurar a casa da avó, Cinderela se perdeu porque se atrasou ao sair do baile e Branca de Neve se perdeu ao fugir da bruxa malvada. Desesperadas, as três personagens correm muito para achar o caminho de volta quando, inesperadamente, perdem um de seus sapatos. Agora, além de precisarem chegar ao lugar desejado, sabem que só serão novamente apresentáveis à sociedade quando recuperarem o sapato perdido e tiverem novamente um par.

Os 3 Mosqueteiros

Todas as terças-feiras, às 16h


Tudo se passa na França de 1625, época de grande convulsão política e religiosa em que o Rei Luís XIII e seu conselheiro, O Cardeal Richellieu, querem manter a qualquer custo o controle de seus compatriotas protestantes na defesa dos interesses franceses. Neste contexto, D’Artagnan, um jovem provinciano, sai de sua terra natal no Sul da França em direção a Paris com o intuito de se tornar um fiel mosqueteiro do rei. No entanto, antes de atingir seu objetivo, muitas peripécias acontecem, obrigando o jovem gascão a lidar com toda sorte de intrigas, romances e segredos que alteram inesperadamente a história. O perigo é constante neste universo de espiões e delatores, mas ao juntar-se aos mosqueteiros Athos, Porthos e Aramis, D’Artagnan faz com que até o impossível se torne possível, tamanha é a força desta união. Juntos, D’Artagnan e seus três amigos mosqueteiros enfrentam, sem jamais esmorecer, o poderosíssimo Cardeal Richelieu e sua rede de intrigas, conspirações e deslealdades, encabeçada pela pérfida Milady. “Um por todos e todos por um” resume, de forma fidedigna, alguns dos grandes significados desta história: a luta pelo poder e a importância capital da amizade. Adaptação livre do livro “Os 3 mosqueteiros” de Alexandre Dumas.

Viralatas, o Musical

Todas as quartas-feiras, às 16h


Fifi recebe vários “mimos” de sua dona e costuma passear na badalada Rua Oscar Freire. Embora cercada de todo “luxo” se sente sempre muito sozinha... Esse cenário estável se transforma depois que seus novos amigos vira-latas colocam Fifi em uma grande enrascada e sua dona resolve devolvê-la ao Pet Shop. Muito arrependidos, os colegas criam um plano para resgatar a cachorrinha. Ajudam a contar a história as doze músicas assinadas por Golik com arranjos de Gus Bernard. O musical tem como pano de fundo a delicada questão sobre a necessidade de adoção de animais abandonados.

História do Brasil

Todas as quintas-feiras, às 16h


O espetáculo explica os principais acontecimentos históricos do Brasil, desde a chegada de Pedro Álvares Cabral até os dias atuais, de forma lúdica e musical. Os acontecimentos são tratados com leveza e humor, focando na formação dos pilares da estrutura social brasileira. Passaremos pelos períodos da Colônia, Reino Unido, Império e República, por cada uma das sete Constituições que já vigoraram e pelas algumas das principais mobilizações populares que existiram ao longo de nossa história.

Medinho, Medão

Todas as sextas-feiras, às 16h


O espetáculo conta a história de Rafa, que, como muitos meninos urbanos, sofre com a ausência de seus pais, que trabalham muito e estão sempre super ocupados. O mundo de Rafa é povoado por medos: de elevador, de formiga, de cair da cama, de barata, de barulho, de ficar sozinho, do escuro, do fundo, do fogo, do frio, da professora de matemática, de monstro e de minhoca. Num dia em que todo mundo esquece de buscá-lo na escola, em sua solitária espera, Rafa cai no sono; seu sonho o leva para um lugar diferente, onde começa a entender que ter medo não é uma vergonha e acabar com ele pode ser um desafio, além de muito divertido.


O texto e direção de todos os espetáculos é de Alexandra Golik acharelada em Interpretação Teatral na Escola de Comunicação e Artes de São Paulo - ECA-USP. Estudou na École Internationale de Théâtre de Jacques Lecoq, e na École Philippe Gaulier, ambas em Paris. Escreveu e dirigiu vários espetáculos, entre eles: Killocaloria, Insônia, O Poço, Mamy, Seqüestro, Vilcabamba, Medinho Medão e Coquetel de Fadas. Foi co-autora nas adaptações de Chapeuzinho Vermelho, Os 3 Porquinhos, João e Maria, Peter Pan e Wendy, Alice no País das Maravilhas e Pinóquio feitas pela Cia Le Plat du Jour, fundada em 1992. Como atriz fez inúmeros espetáculos infantis e adultos. Recebeu os prêmios APCA e FEMSA por Peter Pan e Wendy, prêmio FEMSA de melhor atriz e melhor adaptação por Os Três Porquinhos e APCA de melhor adaptação por Os Três Porquinhos. Como melhor atriz, recebeu o FEMSA e APCA pelo espetáculo Peter Pan e Wendy e melhor direção pelo espetáculo Grávido. Serviço

De 04 a 29 de janeiro de 2021 – de segunda a sexta-feira, às 16h

Gratuito – retirar ingresso na bilheteria ou acessar o canal do youtube do Teatro Viradalata ** A bilheteria abre duas horas antes das apresentações.

Rua Apinajés 1387 – Perdizes

11 3868-2535

3 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br