top of page
Buscar

Sim, minha leitora, a Bíblia condena essas pessoas orgulhosas, metidas a besta

Por Fernando Jorge


A leitora Elizabete Gabrielle Ferrato enviou-me estas palavras:


“Ri muito ao ler a sua crônica sobre as pessoas que a Bíblia condena porque não param de comer, de devorar tudo. Essa crônica mostra como o senhor é um profundo conhecedor do livro sagrado e dono de excelente memória. Mas agora eu gostaria de saber se pode citar, em outra crônica, frases da Bíblia que condenam o orgulho, as pessoas convencidas, metidas a besta.”


Respondo, posso sim, prezada leitora. De tanto ler a Bíblia, decorei estas frases. Vou citar algumas e comentá-las. Aqui vai esta:


“O início de todo pecado é o orgulho” (Eclo. 10-15).


Concordo plenamente, amiga leitora, pois a pessoa inchada de orgulho, quase a estourar, não vê os seus erros, os seus defeitos, os seus pecados. Possuem cegueira mental.


Outra frase da Bíblia, que embora curta expressa a verdade:


“O homem arrogante não tem repouso” (Hab. 2-5).


E por qual motivo ele não descansa? É porque fica devorado pela ambição. Julga-se superior e por isto quer ter tudo, nunca fica satisfeito. Ganha o ouro? Acha pouco, quer também o diamante... Compra um grande terreno. É pouco para ele, quer ter uma imensa fazenda.


Aí, vai, prezada Elizabete, mais uma frase da Bíblia contra os orgulhosos, os metidos a besta:


“Os maus se enfeitam com um colar de orgulho e se cobrem com um manto de arrogância” (Sal. 72-6).


Luminosa verdade. Aliás, todas as verdades brilham. De fato, os orgulhosos se orgulham de serem orgulhosos sob todos os aspectos e não admitem qualquer critica aos seus defeitos, aos seus pecados.


Concluo pedindo a Deus:


– Meu Pai Celeste, nunca me coloque diante de pessoas arrogantes, orgulhosas, metidas a besta.




Fernando Jorge é jornalista, escritor, dicionarista e enciclopedista brasileiro. Autor de várias obras biográficas e históricas que lhe renderam alguns prêmios como o Prêmio Jabuti de 1962. É autor do livro “Eu amo os dois”, lançado pela Editora Novo Século.



Comments


bottom of page