Buscar
  • Redação JBA

Saúde entrega UPA Jabaquara com usina de oxigênio própria

Unidade hospitalar recebeu R$ 5,7 milhões de investimentos. Além disso, Prefeitura está disponibilizando R$ 9,5 milhões na aquisição e implantação de 19 usinas de oxigênio nos equipamentos da cidade

Imagem: Divulgação

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), entregou nesta terça-feira (20/04), a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Jabaquara, localizada na zona sul. A 16ª UPA da cidade deve realizar cerca de 5 mil atendimentos por mês e funcionará todos os dias da semana, durante 24 horas.


A UPA é vinculada à Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) Sudeste e será administrada pela Organização Social de Saúde (OSS) Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM), por meio de contrato de gestão com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

A construção da UPA foi realizada pela Secretaria de Infraestrutura Urbana e Obras (SIURB), no valor de R$ 5.781.699.63, sendo R$ 2.926.987,35 com recursos da administração municipal e R$ 2.854.712,28 com recursos federais. A aquisição de equipamentos e mobiliário foi feita pela SPDM, no valor de R$ 3.231.157,00, e o custo médio mensal da unidade será de R$ 461.358,81.


Para o secretário da Saúde, Edson Aparecido, a UPA Jabaquara vai apoiar no atendimento de toda a população da região, além de desafogar o pronto socorro do Hospital Municipal Arthur Ribeiro de Saboya. "Toda a região vai se beneficiar dessa nova unidade, que vem para complementar o atendimento tanto agora como no período pós pandemia".


De acordo com o vice-prefeito Ricardo Nunes a inauguração da UPA Jabaquara, com uma mini-usina de oxigênio é uma conquista para a cidade de São Paulo. "Agradecemos todo o empenho dos funcionários da saúde, na presença do secretário Edson Aparecido, um líder" disse.


"Esta nova unidade representa um grande marco para a assistência em saúde da população do Jabaquara. Com certeza, um grande avanço, que beneficiará e muito a população", afirmou Mário Monteiro, Superintendente da SPDM, que irá administrar o local.


A unidade oferecerá atendimentos de complexidade intermediária em clínica médica pediátrica e adulto, além de exames laboratoriais, de raios-X e de eletrocardiografia.


Para o atendimento, foram admitidos 425 funcionários, entre técnicos de saúde e da área administrativa. A estrutura física da UPA é composta por 11 consultórios, três salas de espera, três salas de avaliação de risco, um posto de enfermagem, uma sala de aplicação de medicamento, uma sala de inalação, uma sala de coleta, uma sala de curativo e sutura, dois quartos de isolamento, uma sala de emergência com um leito de choque e seis leitos gerais, uma sala de observação infantil com quatro leitos e uma sala de observação adulta com 14 leitos.

Mini-Usina de Oxigênio

Ainda nesta terça-feira (20/04), na UPA Jabaquara, foi inaugurada a segunda mini-usina de oxigênio do município de São Paulo. Para reforçar o abastecimento de oxigênio na cidade, foram encomendadas 19 mini-usinas, sendo que a primeira foi instalada no Hospital Municipal Capela do Socorro. Estão sendo investidos R$ 9,5 milhões na aquisição e implantação de 19 usinas de oxigênio nos equipamentos da cidade. A estimativa é de uma economia de R$ 250 mil mensais para os cofres públicos. Outras 17 unidades serão instaladas nos seguintes equipamentos de maneira gradual: Hospital Dia M'Boi Mirim II, Hospital Dia Flávio Gianotti, Hospital Dia Tito Lopes, Hospital Dia Campo Limpo, Hospital Dia M'Boi Mirim I, Hospital Dia Cidade Ademar, Hospital Sorocabano, Hospital Municipal Capela do Socorro (2ª usina), Hospital Dia Itaim Paulista, Hospital Dia São Matheus, AMA São José Pires, Hospital Dia Mooca, Hospital Dia Butantã, Hospital Dia Lapa, Hospital Dia Vila Guilherme, Hospital Dia Brasilândia e o Hospital Dia Sapopemba.


Juntas, as 19 usinas terão capacidade para produzir 9 mil metros cúbicos de oxigênio por dia, o que equivale a 900 cilindros. O volume é suficiente para abastecer 596 leitos de enfermaria e 211 de UTI nos hospitais municipais, hospitais dia e unidades de pronto atendimento (UPAs).


A retomada da obra da UPA Jabaquara integra um total de outras UPAs que estavam com obras paralisadas pela administração anterior (2016).


Assim como esta unidade, a cidade terá mais 6 UPAS a serem entregues ainda neste semestre, sendo elas: UPA City Jaraguá, UPA Vila Mariana II, UPA Mooca, UPA Parelheiros, UPA Vergueiro, UPA D.Maria Antonieta F. de Barros.

0 visualização0 comentário