Buscar
  • Redação JBA

Prefeitura inicia nessa semana vacinação de pessoas com 31 e 30 anos contra Covid-19

A população de 31 anos será imunizada na quinta-feira (22) e a de 30 anos na sexta-feira (23).

O prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes, anunciou nesta sexta-feira (16) que a cidade de São Paulo começa a imunizar pessoas com 30 e 31 anos contra a Covid-19 a partir do dia 22/07. As pessoas de 31 anos serão vacinadas na quinta-feira (22) e as de 30 na sexta-feira (23). O público estimado, dos dois grupos, é de aproximadamente 305 mil pessoas. Para a vacinação deste grupo, toda a rede de postos da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) estará em operação. No sábado (24), haverá a repescagem para as pessoas de 30 a 34 anos. O munícipe que fazer parte dos públicos elegíveis abertos anteriormente também poderá se vacinar.

Todos os postos de vacinação estarão abertos para a imunização da nova faixa etária. Vale lembrar que, além das UBS e AMA/UBS Integradas, os 20 megapostos foram pensados justamente para comportar essa fase, com mais mesas de cadastros e aplicação, além de local para espera do público, evitando aglomerações e filas nas unidades.

A SMS informa que os munícipes podem acompanhar em tempo real qual o melhor momento para se deslocarem até os postos de vacinação da capital por meio do site "De Olho na Fila". Na plataforma, é possível monitorar a quantidade de pessoas em cada posto de vacinação e, assim, escolher o melhor horário para se imunizar.

Cabe ressaltar que todas as vacinas disponíveis foram aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e pela Organização Mundial da Saúde (OMS). Elas são eficazes e seguras contra a Covid-19. Não há necessidade nem possibilidade de escolher um imunizante específico. Documentos necessários e pré-cadastro Para garantir as doses à população do município de São Paulo, a SMS reforça a obrigatoriedade de o cidadão apresentar no ato da vacinação um comprovante de residência na capital, juntamente com os documentos pessoais, preferencialmente Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). O comprovante de endereço no município de São Paulo pode ser apresentado de forma física ou digital. Se não houver no próprio nome do munícipe, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como Registro Geral (RG), certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável. Vale lembrar que o preenchimento do pré-cadastro no site Vacina Já (www.vacinaja.sp.gov.br) agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço, telefone e data de nascimento. Mais informações, como o calendário atualizado de vacinação da gestão municipal, os públicos elegíveis no momento e a lista completa de postos abertos na capital podem ser conferidas na página Vacina Sampa. Onde se vacinar A lista completa de postos pode ser encontrada no Vacina Sampa.


1 visualização0 comentário