Buscar
  • Redação JBA

Pró-Sangue precisa urgentemente de doações de sangue

Fundação opera com apenas 22% das reservas necessárias


A Fundação Pró-Sangue, vinculada à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, está com o estoque extremamente baixo e precisa urgentemente de doadores. Desde meados de julho, a doação de sangue vem registrando forte queda. As temperaturas baixas têm impactado no volume de bolsas, afastando temporariamente os candidatos das unidades de coleta.


Atualmente a instituição está operando apenas com 22% da reserva necessária para dar atendimento a mais de 100 instituições de saúde da rede pública. Se não for revertido a tempo, esse quadro pode levar ao cancelamento de cirurgias. No momento, os sangues do tipo O+, O-, B- e B+ – estão em estado de emergência, ou seja, garantem o abastecimento por menos de um dia. Já as bolsas de sangue A- e A+ estão em nível crítico, conseguindo atender à solicitação dos hospitais por apenas um dia.


A situação é de fato preocupante. O volume diário de doações nessas últimas semanas tem sido insuficiente para manter os estoques em nível adequado de abastecimento. Para que cirurgias não sejam canceladas, contamos com o apoio massivo da população.


Imagem: redes sociais Hemocentro São Paulo

Quem tiver interesse em ajudar deve fazer o agendamento online da sua doação pelo site da Pró-Sangue (www.prosangue.sp.gov.br). Reserve já sua vaga no sistema, vista sua máscara e faça a diferença na vida de quem precisa. A doação de sangue continua sendo segura, e os postos de coleta não oferecem riscos aos candidatos.

Serviço Para doar sangue o candidato deve fazer o agendamento no site (www.prosangue.sp.gov.br) e verificar os requisitos básicos para doação, sendo os principais: estar em boas condições de saúde e alimentada, ter entre 16 e 69 anos (para menores de idade, consultar site da Pró-Sangue), pesar mais de 50 kg e levar documento de identidade original com foto recente, que permita a identificação do candidato.

Recomenda-se também evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem à doação e, no caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes. Se o candidato estiver com gripe ou resfriado, não deve doar temporariamente. Mesmo que tenha se recuperado, deve aguardar uma semana para que esteja novamente apto à doação.

Vale lembrar que o coronavírus foi incluído nos critérios de triagem e pode trazer alguns impedimentos para as pessoas que se infectaram ou que tiveram contato com pacientes infectados (no site da Pró-Sangue é possível obter mais informações).

No mais, outros impedimentos poderão ser identificados durante a entrevista de triagem. Nesse sentido, confira os pré-requisitos básicos à doação, para que você não perca a viagem quando chegar a um dos nossos postos de coleta. E não deixe de conferir o horário de atendimento dos postos. Todas estas informações encontram-se disponíveis no site www.prosangue.sp.gov.br. Para demais dúvidas, consultar o Alô Pró-Sangue (11 4573-7800).

1 visualização0 comentário