Buscar

Palmeiras em busca da consagração no Mundial de Clubes da FIFA

Por Roberto Maia


Tradicionalmente, a disputa do Mundial de Clubes da FIFA acontece no mês de dezembro. Excepcionalmente, a edição de 2020, será realizada em fevereiro de 2021 por causa da pandemia de Covid-19 que provocou mudanças no calendário das competições em todo o mundo.


O torneio será disputado no Catar, sede da Copa do Mundo de 2022, no período de 4 a 11 de fevereiro. Participam do Mundial de Clubes o Palmeiras (campeão da Copa Libertadores da América), o Bayern de Munique (campeão da Liga dos Campeões da Europa), o Al-Ahly (África), o Al-Duhail (representante do Catar, país sede), o Tigres (América do Norte) e o Ulsan Hyundai (Ásia). O Auckland City, representante da Oceania, desistiu de participar da competição por conta das medidas sanitárias rígidas da Nova Zelândia durante a pandemia do coronavírus.


O Palmeiras embarcou na terça-feira e tem estreia marcada para o próximo domingo, dia 7, às 15h (horário de Brasília) em jogo válido pela semifinal da competição. O Verdão enfrentará o vencedor do confronto entre Tigres (México) ou Ulsan Hyundai (Coreia do Sul). Na segunda-feira será a vez do poderoso Bayern de Munique estrear contra Al Duhail ou Al Ahly.

O técnico Abel Braga e o presidente Maurício Galiotte posam com a taça da Libertadores antes do embarque para o Catar (Foto: Cesar Graco/Ag. Palmeiras)

A edição de 2020 será a 17ª organizada Federação Internacional de Futebol (FIFA), reunindo os campeões continentais e o campeão do país anfitrião. A competição foi realizada pela primeira vez em janeiro de 2000, no Brasil, e foi vencida Corinthians, à época representante do país sede.


A segunda edição aconteceu somente em 2005 e o Japão foi escolhido para receber o torneio. O país asiático foi sede da competição até 2008, com as finais no Estádio de Yokohama, o mesmo onde o Brasil conquistou o pentacampeonato na Copa do Mundo de 2002. Os japoneses foram os anfitriões também nos anos de 2011, 2012, 2015 e 2016. Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos, foi a sede nas competições de 2009, 2010, 2017 e 2018. Em 2013 e 1014, o Mundial de Clubes foi realizado no Marrocos. E, finalmente, a edição de 2019 teve lugar em Doha, a capital do Catar.


De acordo com a FIFA, em 2020 seria o último torneio com o atual formato, com os seis campeões continentais e o campeão do país-sede da competição. Porém, o modelo será mantido para a temporada de 2021 por conta da pandemia. O novo Mundial de Clubes ainda não tem data para estrear.

O Bayern de Munique do goleador Lewandowski está em busca do quarto Mundial – foi campeão em 1976, 2001 e 2013 (Foto: Reprodução site fcbayern.com)

O novo formato idealizado pela FIFA será como a da Copa do Mundo, que é disputada a cada quatro anos. Assim, terá a participação de 24 times, sendo oito da Europa, seis da América do Sul e as demais divididas entre os outros continentes. Cada confederação continental terá liberdade para definir os critérios de classificação para o torneiro que será chamado de Copa do Mundo de Clubes. O novo Mundial de Clubes fará com que a Copa das Confederações despareça do calendário.


A primeira edição do super Mundial de Clubes deverá ficar para 2022 ou 2023. A competição terá oito grupos de três equipes, sendo que os vencedores de cada um se classificam para as quartas de final, etapa em que os jogos passam a ser eliminatórios até a grande final. A ideia da FIFA é que participem 12 equipes da Europa, cinco da América do Sul, duas da América do Norte, duas da África, duas da Ásia e uma da Oceania.


Roberto Maia é jornalista e cronista esportivo. Iniciou a carreira como repórter esportivo, mas também dedica-se a editoria de turismo, com passagens por jornais como MetroNews, Folha de São Paulo, O Dia, dentre outros. Atualmente é editor da revista Qual Viagem e portal Travelpedia.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br