Buscar

Mural pintado na região do Minhocão purifica o ar e equivale a 750 árvores

Atualizado: 4 de Dez de 2020


(Divulgação/Converse)

O projeto Converse City Forests, da mesma marca criadora dos tênis All Star, tem como objetivo produzir 13 murais gigantes que ajudam a limpar o ar e funcionam como árvores,em 13 capitais do mundo. A ideia surgiu a partir da descoberta da tinta fotocatalítica, uma tinta especial que usa a energia solar para ajudar a purificar o ar. O processo é similar ao processo realizado pelas árvores.O mural de São Paulo tem 777 metros quadrados e equivale ao plantio de 750 árvores.


Em São Paulo, o grafite foi feito pelo artista Rimon Guimarães. Ele já pintou murais em 27 países e atualmente está envolvido em vários projetos sociais que buscam integrar grupos marginalizados na sociedade por meio da arte – como o mural de 260m² em Damasco, na Síria, que foi pintado com a ajuda de crianças refugiadas. Seu trabalho é muito inspirado nos indígenas que viveram no Brasil. Para celebrar e destacar a importância das raízes culturais, Rimon se uniu neste projeto à Nazura, outra artista de São Paulo.


Próximo ao Minhocão, a obra foi batizada de “Pindorama” , que é também como os primeiros habitantes do Brasil chamavam a terra antes da chegada dos europeus. Ele mostra a terra, o vento, a água e o fogo, os quatro elementos que os índios adoravam. Além da cobra, do pássaro e do leopardo, considerados animais de poder.


Para Rimon, o mural celebra a diversidade das tribos indígenas brasileiras originais e nossa flora e fauna distintas.

13 visualizações0 comentário

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br