top of page
Buscar

Medicina do Viajante: Confira sete dicas para férias mais seguras

Com a temporada de férias se aproximando, muitos brasileiros estão ansiosos para explorar novos destinos. No entanto, antes de fazer as malas, é crucial considerar não apenas os aspectos de lazer e entretenimento, mas também a saúde.


Foto: Divulgação Rede D'Or

“Viajar para diferentes partes do mundo pode expor os turistas a condições de saúde diversas, desde doenças infectocontagiosas, como intoxicações alimentares, bacterianas, doenças virais e parasitárias, até desconfortos relacionados às condições climáticas, como calor, frio, altitude e profundidade extremos”, alerta Natanael Adiwardana, infectologista do Hospital São Luiz Itaim, da Rede D’Or.

A Medicina do Viajante surge como uma aliada para garantir que as férias sejam memoráveis e livres de contratempos médicos. Esta especialidade se concentra em orientar sobre os riscos de saúde associados a determinados destinos, fornecendo informações para uma viagem segura.


"É fundamental pesquisar sobre o local e as condições de saúde do destino e buscar um especialista para auxiliar na preparação. Considere os locais que permanecerá e também as atividades que pretende realizar, já que centros urbanos implicam em riscos diferentes de áreas de natureza, como rios, lagos, florestas e cavernas”, complementa o especialista.

Não se esqueça de considerar também os deslocamentos e tempo de estadia em cada local, pois isso influencia diretamente na relevância de cada medida preventiva que se pode adotar.

Outro ponto essencial é em relação ao seguro de saúde, já que diferentemente do Brasil, muitos países não possuem um sistema público de saúde. “Assim, uma intercorrência, mesmo que sem internação hospitalar, pode acabar saindo muito caro”, alerta o médico do São Luiz Itaim.

A unidade, localizada na zona Sul da capital paulista, acumula mais de 80 anos de tradição e conta com uma estrutura completa para atendimentos de alta complexidade em mais de 40 especialidades, além de um centro médico e de diagnósticos para agendamento de consultas e exames.

O infectologista destaca ainda a importância de se preparar com antecedência à data da viagem e destaca sete dicas para um planejamento ideal. Confira:

1. Consulta com especialista: Agende uma consulta com um médico especializado em medicina do viajante pelo menos quatro semanas antes da viagem.

2. Vacinação atualizada: Verifique se suas vacinas estão em dia e providencie as vacinas adicionais recomendadas ou obrigatórias para o local que você pretende visitar.

3. Kit de primeiros socorros: Monte um kit de primeiros socorros personalizado, incluindo medicamentos básicos, repelente de insetos, protetor solar e qualquer medicação prescrita que você possa precisar.

4. Seguro Saúde: Contrate um seguro que cubra despesas médicas. Isso garante assistência em casos de emergência e oferece tranquilidade durante a viagem.

5. Alimentação segura: Esteja ciente das práticas alimentares locais e evite o consumo de alimentos crus ou água não tratada, reduzindo o risco de doenças transmitidas por alimentos.

6. Adaptação ao clima: Esteja preparado para as condições climáticas locais. Roupas apropriadas e hidratação são fundamentais para evitar problemas relacionados ao clima.

7. Pós-viagem: O cuidado deve continuar também após a viagem, já que algumas doenças podem levar dias ou semanas para se manifestar. Fique atento a sinais e sintomas e, em caso de alterações como febre, diarreia, gânglios inchados ou dores persistentes, procure seu médico.

“Algumas doenças são de difícil diagnóstico por não serem comuns em nossa região. Portanto, o seguimento com o infectologista especialista em medicina de viagem é importante após o retorno, caso a pessoa apresente algum desconforto ou sintoma”, reforça Dr. Natanael.

Ao incorporar essas dicas em seu planejamento de férias é possível minimizar os riscos à saúde. “A medicina do viajante é a chave para garantir que sua aventura seja inesquecível pelos motivos certos. Viaje com segurança, cuide de sua saúde e aproveite ao máximo suas férias!”, finaliza o médico.

コメント


bottom of page