Buscar
  • Redação JBA

Livraria do Brooklin é destaque entre as novas livrarias de rua de São Paulo

Para o amante da boa literatura, poucos prazeres são comparáveis a uma tarde cercado por livros. Não à toa, as livrarias de rua têm ganhado cada vez mais espaço em São Paulo. É o caso da Livraria do Brooklin, criada pela jornalista e historiadora Victoria Mantoan, que, ao se mudar para o bairro na zona sul, sentiu falta de um espaço de convivência como esse. Por isso, além de vender livros, a casa num sobrado reformado dá prioridade ao conforto dos visitantes, com sofás para leitura, mesas de trabalho e um café, que serve comidinhas, vinho em taça e cerveja.

Imagem: Reprodução Instagram

“Foi um processo que demorou cerca de dois anos, entre a ideia e tirar tudo do papel”, contou Victoria.


Não é uma livraria de best-sellers. A aposta é em um acervo cuidadosamente formado com 2 mil títulos. Logo na entrada é possível possível conferir as indicações da equipe, além dos outros livros organizados, também, por regiões. Livros de autores africanos, asiáticos, portugueses e russos ganham destaque especial. No andar de cima ficam os livros infantis e infantojuvenis, além de obras de fantasia e de não ficção. Na fachada, o visitante se depara com um mural da artista Pati Prado feito com base em trechos de livros indicados pela nova livreira, que vive no bairro e sentia falta de espaços como este para leitores por lá. Entre os livros que inspiraram o mural estão A Trégua, de Mario Benedetti, e Barba Ensopada de Sangue, de Daniel Galera.


O horário de funcionamento da Livraria do Brooklin é de terça a domingo, das 11h às 20h. Ela também atenderá pelo Whatsapp e redes sociais. A Livraria do Brooklin fica na Rua Hollywood, 275 e os telefones são 11 5535-7265 ou 11 99856-8062.