top of page
Buscar

Imbatíveis, as Brabas do Timão conquistam a Supercopa do Brasil

Por Roberto Maia


As Brabas, apelido pelo qual é conhecido o time de futebol feminino do Corinthians, não param de conquistar títulos. O melhor time na modalidade atualmente foi campeão mais uma vez. Desta vez ergueu a taça da primeira edição da Supercopa Feminina.


O primeiro título de 2022 foi conquistado em jogo difícil contra as meninas do Grêmio diante da Fiel Torcida, que levou cerca de 20 mil torcedores no último domingo (13) pela manhã na Neo Química Arena.

Sob forte calor, o jogo já se encaminhava para a decisão por pênaltis quando aos 48 minutos do segundo tempo, Gabi Zanotti, principal nome do time, marcou de cabeça levando os torcedores à loucura.


A conquista da Supercopa foi a 11ª do time treinado por Arthur Elias, que comanda a equipe desde 2016. Sob a sua liderança as Brabas do Timão somam um tricampeonato da Libertadores Feminina, o tricampeonato do Brasileirão, o tricampeonato do Paulistão, e o título da Copa do Brasil.

Conquista da Supercopa foi a 11ª do time de futebol feminino do Corinthians em 5 anos. (Foto: Thais Magalhães/CBF)

São resultados expressivos para um time que somente foi criado porque a Conmebol passou a exigir que os clubes que disputam a Copa Libertadores da América mantenham também times de futebol feminino. O Corinthians montou sua equipe em 2016, inicialmente através de uma parceria com o Audax. Depois, em 2018, com gestão própria.


Sob o comando da diretora Cris Gambaré, o time de futebol feminino do Corinthians caiu nas graças dos torcedores e evoluiu muito. O clube deu o apoio necessário e as conquistas foram consequência.


O Corinthians feminino manda seus jogos no Parque São Jorge, no velho estádio Alfredo Schüring, conhecido pelos corinthianos como a Fazendinha. Porém, jogos importantes como a final do Brasileirão contra o Palmeiras e a final da Supercopa foram disputados na Neo Química Arena. A Fiel abraçou o time feminino corinthiano e comparece em massa aos jogos.


Time a ser batido, quem conseguirá parar as Brabas do Timão?

Gabi Zanotti, principal nome do time, marcou aos 48 minutos do segundo tempo. (Foto: Thais Magalhães/CBF)

Roberto Maia é jornalista, cronista esportivo, editor do jornal Mercado & Eventos e do portal travelpedia.com.br


Opmerkingen


bottom of page