Buscar
  • Redação JBA

Grupo Tapa traz peças inéditas e gratuitas em Festival Online

Ao final da apresentação o público pode conversar com a equipe criativa para uma imersão maior em cada obra

Cena de Despedida de Solteiro (Imagem: Ronaldo Gutierrez )

O Festival Online - Grupo TAPA continua em abril com espetáculos inéditos, gratuitos e transmitidos pelo Teatro Aliança Francesa na plataforma ZOOM. Serão 4 montagens apresentadas durante o mês, a gravação de Despedida de Solteiro, de Arthur Schnitzler, e três textos em Work In Progress: A Brasiliense, de Henry Becque; Um Chá das Cinco, de João do Rio; e Sete Histórias, de Ezter Liu. Os ingressos são gratuitos e as reservas são feitas pelo sympla.com.br/teatroaliancafrancesaonline.

A direção é de Eduardo Tolentino de Araujo, com exceção da última, que tem Clara Carvalho assinando a sua primeira direção no grupo. No Work In Progress, os atores gravaram suas performances em casa em virtude da contenção ao novo coronavírus. E o público terá a oportunidade de participar de um bate papo no final das sessões para ampliar ainda mais a proximidade com a equipe criativa de cada peça para saber mais detalhes sobre tradução, adaptação e a importância dos autores.

“Vivemos em um momento difícil nas condições sanitárias do país, o que exige cautela para apresentarmos nossos trabalhos, e agora estamos mais habituados com a questão do digital e como trazer uma experiência cada vez melhor para o público”, ressalta Tolentino.

Serviço

Festival Online - Grupo TAPA

Grátis.

Reserva de ingressos e acesso à transmissão: Sympla.com.br/teatroaliancafrancesaonline


Despedida de Solteiro

Dia 12 de abril, segunda-feira, 19h

Texto de Arthur Schnitzler

Despedida de Solteiro é um dos textos desta coletânea que o Grupo TAPA montou em 2018 no espetáculo Anatol. Na história, o protagonista se vê em apuros no dia do seu casamento quando uma conquista da véspera acorda no seu quarto e se recusa a ir embora. O elenco é formado por Antoniela Canto, Adriano Bedin, Ariel Cannal e Bruno Barchesi.


A Brasiliense

Dia 19 de abril, segunda-feira, 19h

A Parisiense, de Henry Becque (1837-1899), foi escrita em 1885 e ganha uma versão para o universo brasileiro com o título de A Brasiliense. A obra tem no centro uma nova mulher - que por traz de um discurso conservador e reacionário - revela um comportamento amoral, não só quanto aos costumes, mas na manipulação da máquina pública à serviço dos seus interesses. Em cena, estão André Garolli, Brian Penido Ross, Bruno Barchesi e Camila Czerkes.

Um Chá das Cinco

Dias 25 de abril, domingo, 17h

Escrita em 1916, a peça de um ato único, satiriza o modismo importado da Europa do chá vespertino adotado pela sociedade cosmopolita da Capital Federal. Para essa versão, os hábitos mudaram e o modelo europeu foi substituído pelo americano com seu Dia das Bruxas. O elenco é formado por Antoniela Canto, Ariel Cannal, Bia Bologna, Daniel Volpi, Elisa Romero, Felipe Souza, Fernando Moscardi, Gabriela Westphal, Lili Bernartt, Natalia Beukers, Marcela Arruda, Renata Giriolli, Victor Hugo Sorrentino.


Sete Histórias

Dia 26 de abril, segunda-feira, 19h (Grátis) - Work In Progress

Sete Histórias é uma adaptação da obra Das Tripas Coração, de Ezter Liu, uma autora pernambucana que escreveu contos sobre o universo feminino, no qual sete deles ganham vida pela interpretação solo de Mariana Muniz. As histórias mostram as faces do que é o “ser mulher” em diversas situações, como a história de Rosa e as formigas que estão comendo sua casa; a trama de Jacinta e seus 11 carneiros; a mulher parafuso, entre outras.


*Para assistir é preciso baixar o aplicativo Zoom, preferencialmente no PC ou notebook. Também é possível assistir por tablet, celular ou emparelhamento com Smart TV.

6 visualizações0 comentário