Buscar
  • Redação JBA

Gestantes e puérperas, com primeira dose da AstraZeneca, começam a receber a segunda, da Pfizer

As 652 gestantes e puérperas que receberam a vacina Oxford/AstraZeneca como primeira dose contra a Covid-19, na capital paulista, podem receber o imunizante da Pfizer para completar o esquema vacinal a partir desta segunda-feira (26). Para oferecer mais comodidade a esse público, as equipes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) iniciaram a imunização em domicílio e o prefeito Ricardo Nunes acompanhou a vacinação da auxiliar de enfermagem Michele Mayer de Oliveira da Silva, grávida de 29 semanas da Liz, em sua residência na Zona Norte da cidade.


“São Paulo é a cidade que mais imunizou no país. Chegamos a 80% do público elegível vacinado e, a partir de hoje, estamos imunizando as gestantes. Elas não precisam de deslocar até uma UBS (Unidade Básica de Saúde). Todas serão vacinadas em suas casas”, enfatizou o prefeito.


Michele Mayer falou sobre a importância da ação da Prefeitura e disse que, a partir de agora, sente-se mais tranquila.


“Estava preocupada por conta do momento do parto, tinha receio de contrair Covid. Também temia poder tomar a segunda dose somente quando parasse de amamentasse minha filha, Agora, estou aliviada por já ter recebido da segunda dose”, disse a auxiliar de enfermagem.

Imagem: site Prefeitura de São Paulo

O secretário municipal de Saúde, Edson Aparecido, destacou que para esta ação houve liberação por parte do Ministério da Saúde, do PNI (Plano Nacional de Imunização), da Secretaria Estadual de Saúde e da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).


“Desta forma podemos fazer a aplicação de segunda dose nessas mulheres que tomaram AstraZeneca como primeira”, justificou.


Intervalo A autorização com o imunizante da Pfizer segue o Programa Estadual de Imunizações (PEI). É preciso observar o intervalo de ao menos 84 dias entre as doses.

Para identificar as mulheres que haviam tomado a primeira dose de Oxford / AstraZeneca e fazer a vacinação em cada residência, a lista das gestantes e puérperas elegíveis foi enviada para as respectivas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Nessa lista constam o nome, data da primeira dose, imunizante recebido, e data prevista para a segunda dose.

As UBSs ficarão responsáveis por contatar essas munícipes e realizar a imunização na casa das munícipes.

Calendário Nesta segunda-feira a campanha de vacinação contra a Covid-19 prossegue na cidade de São Paulo com a aplicação de doses para o público elegível, acima dos 30 anos. Além disso, todas as pessoas que estão aptas a receber a segunda dose poderão comparecer à rede de postos de vacinação do município, que estará toda em funcionamento.

Na terça (27) e quarta-feira (28) a vacinação estará aberta para as pessoas de 29 anos. São esperados 143.861 munícipes para receber a primeira dose do imunizante. A SMS aguarda a chegada de novas vacinas para divulgar o calendário a partir da quinta-feira (29).

“Garantimos a vacinação nesta terça e quarta-feira para as pessoas de 29 anos. A imunização para 28 anos está temporariamente suspensa. O tempo inteiro queremos antecipar a vacina, queremos fazer com que cada dia seja visto como um dia muito importante”, disse Ricardo Nunes.

O prefeito declarou que na próxima quarta-feira (28) o governador João Doria anunciará o prazo de entrega de vacinas e a Prefeitura fará o comunicado à população.

“Pode até ser que até quinta-feira retomemos a imunização de 28 anos. Também estamos trabalhando para vacinar as 218 mil pessoas que não tomaram a segunda dose”, explicou.

Onde se vacinar A lista completa de postos pode ser encontrada na página Vacina Sampa.

4 visualizações0 comentário