Buscar
  • Redação JBA

Final de Libertadores terá público limitado a 5 mil pessoas no Maracanã

Por Roberto Maia


No próximo sábado, dia 30, Palmeiras e Santos decidirão quem será o novo campeão das Américas na temporada de 2020. A partir das 17h, a bola irá rolar no icônico estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. A esperada decisão da Copa Libertadores da América será transmitida, pela primeira vez, para 191 países. No Brasil, a transmissão será através do SBT e da Fox Sports.

O Maracanã receberá cerca de 5 mil pessoas para a final da Copa Libertadores da América, apesar da pandemia da Covid-19 (Foto: Pixabay)

Além do cobiçado troféu, o time campeão também receberá o prêmio recorde de 15 milhões de dólares, quantia que somada ao que a equipe recebeu durante todo o torneio, atinge um total acumulado de aproximadamente 22 milhões de dólares. O montante fica ainda maior se levarmos em conta que o campeão receberá outros valores por sua classificação direta para a próxima edição do torneio. O vencedor da Libertadores se classifica para a disputa do Mundial de Clubes da FIFA, que será disputada em fevereiro no Catar, e na Recopa Sul-Americana do ano seguinte.


Apesar da pandemia da Covid-19 estar com números crescentes de infecções e mortes no país, a Confederação Sul-Americana de Futebol (CONMEBOL) – com o aval da prefeitura do Rio de Janeiro – liberou a presença de até 5 mil pessoas no Maracanã. O número é bem maior que as 350 pessoas permitidas nas fases anteriores. O protocolo elaborado para a decisão exigirá que todos os presentes apresentem na entrada uma carta de comprovação de teste negativo para o novo coronavírus, além de passar por medição de temperatura. Não haverá venda de ingressos.

O Maracanã receberá cerca de 5 mil pessoas para a final da Copa Libertadores da América, apesar da pandemia da Covid-19 (Foto: Pixabay)

De acordo com a CONMEBOL, além dos jogadores, jornalistas, comissões técnicas e colaboradores, foram convidados dirigentes dos clubes, autoridades, patrocinadores e familiares dos atletas. Todos deverão respeitar as regras de distanciamento estabelecidas com cerca de dois metros entre uma pessoa e outra.


Organizada desde 1960, a Copa Libertadores da América é a competição de clubes mais importante do continente. É também um dos torneios mais prestigiados do mundo, juntamente com a Liga dos Campeões da Europa. Inicialmente era chamada de Copa dos Campeões da América e tinha apenas os times campeões de cada país. O nome atual veio somente anos depois.


O que muita gente não sabe é que o nome do torneio é uma homenagem aos principais líderes da independência das nações da América do Sul. Casos de José Artigas, Simón Bolívar, José de San Martín, Antonio José de Sucre e Bernardo O'Higgins, além de José Bonifácio de Andrada e Silva e D. Pedro I do Brasil.

Campeão da Copa Libertadores em 1999, o Palmeiras quer o título que carimba o passaporte para o Mundial de Clubes no Catar (Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

O time recordista de títulos da Libertadores é o Independiente, que foi campeão sete vezes. A Argentina é o país com o maior número de conquistas, com 25 títulos. O Brasil tem 20, porém é o país com a maior diversidade de times vencedores, com um total de dez clubes diferentes que ergueram a taça. O troféu foi conquistado por 25 clubes, sendo que 15 ganharam o torneio mais de uma vez. Seis deles venceram de forma consecutiva. Outros seis foram campeões invictos - Peñarol (Uruguai), Independiente (Argentina), Estudiantes (Argentina), Boca Juniors, Santos e Corinthians. O Timão é o campeão invicto com mais jogos no total, 14 na campanha de 2012.


Roberto Maia é jornalista e cronista esportivo. Iniciou a carreira como repórter esportivo, mas também dedica-se a editoria de turismo, com passagens por jornais como MetroNews, Folha de São Paulo, O Dia, dentre outros. Atualmente é editor da revista Qual Viagem e portal Travelpedia.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo