Buscar
  • Redação JBA

Festival de música clássica inaugura espaço cultural na Serra do Japi

Recitais serão transmitidos online e de graça em antiga igreja histórica de Jundiaí

Fábio Vianna, Claudia Feres, Carla Candiotto e Rodrigo Matheus (Imagem: João Caldas/Divulgação)

A Igreja Santa Clara, construção de 1917 e tombada pelo Patrimônio Histórico, será cenário para uma série de recitais de música clássica do 1º Festival Concertos na Serra, que unirá no coração da Serra do Japi, natureza, história, preservação ambiental, música e artes cênicas.

O Festival Concertos na Serra é uma iniciativa de pessoas que dedicam suas vidas intensamente às artes e convidam o público a mergulhar, a partir de suas casas, nesse ambiente cheio de história, sons e natureza em que vai se transformar a Igreja de Santa Clara nessas duas semanas.


A evento abre com a música antiga da Capela Ultramarina, de Fábio Vianna no dia 11 de março, com suas influências portuguesas, com voz e vihuela. Destaque para a participação do ator Roney Facchini na leitura de sonetos e outros versos de Camões entre uma e outra canção interpretada por Fábio. A ideia é dar uma voz musical à poesia de Camões, fazendo um diálogo da poesia falada com a poesia cantada.

Já no dia 12 de março é a vez do duo de flauta e violoncelo Bico de Pena, do casal Angelique Camargo (violoncelo) e Renato Camargo (flauta) apresentar obras de autoria própria, além de canções de João Bosco e Aldir Blanc, Chico César, Jacob do Bandolim, Villa-Lobos e Edu Lobo e Chico Buarque.

A viola de orquestra se encontra com a viola caipira na apresentação de Gabriel Marin, siolista da Orquestra Sinfônica da USP, e do violeiro Neymar Dias no sábado, dia 13 de março. No programa canções próprias de Neymar Dias e clássicos de Villa-Lobos e Bach.


A primeira semana da programação encerra com o concerto solo da e violoncelista da OSESP Heloisa Meirelles no domingo, dia 14 de março, apresentando peças de Bach, G. Ligeti, Clovis Pereira, dentre outros.


A ideia de criar no local um espaço cultural, por iniciativa dos atores e diretores teatrais Carla Candiotto e Rodrigo Matheus, é também uma celebração a trajetória de 50 anos da Escola de Música de Jundiaí, representada pela maestrina Claudia Feres, curadora e diretora artística do festival, que assina ainda a direção geral e a concepção. A direção cênica do festival é de Carla Candiotto e a gestão do projeto é do músico e cantor Fábio Vianna Peres, que integra a programação. Completam a equipe de criativos Marco Lima na direção de arte e Wagner Freire na iluminação.


Serviço

1º Festiva Concertos Na Serra

De 11 a 21 de março.

Espaço Japi - Cultura e Meio Ambiente.

De quinta a sábado, 18h30, e domingo, 17h.

De graça. Transmissão online e gratuita via Youtube

Quinta-feira, 11/03, 18h30 – Fábio Vianna Peres, Capela Ultramarina, com participação do ator Roney Facchini

Sexta-feira, 12/03, 18h30 - Duo Bico de Pena.

Sábado, 13/03, 18h30 - Gabriel Marin e Neymar Dias.

Domingo, 14/03, 17h – Heloisa Meirelles.

Quinta-feira, 18/03, 20h - Trio Madera, cordas.

Sexta-feira, 19/03, 20h - Duo Lanfranchi – Santoro.

Sábado, 20/02, 20h - Duo Della & Campbell

Domingo, 21/03, 17h - João Paulo Amaral


Projeto de Música do Proac Expresso da Lei Aldir Blanc, o 1º Festival Concertos na Serra é uma realização da Escola de Música de Jundiaí - 50 anos e do Espaço Japi - cultura e meio ambiente.

9 visualizações0 comentário