top of page
Buscar

Exposição "Resíd(u)o", de Luciano Fonseca Pinheiro, na Casa de Metal Centro Cultural

Sábado, dia 07 de outubro, das 18h às 22h, acontece a vernissage do artista plástico Luciano Fonseca Pinheiro intitulada "RESÍD(U)O"

Luciano Fonseca Pinheiro encarna, ainda criança, a sensibilidade da arte em simbiose com suas observações acerca dos materiais descartados à sua volta. Em suas obras, existe um entrecruzar de tendências que se fundem aos diversos materiais residuais descartados e de técnicas, resultando em um trabalho delicado e de qualidade estética. O lastro de sua formação universitária em farmácia e química junto aos estudos realizados com o artista e professor transdisciplinar Luiz Lopreto, são importantes para o desenvolvimento de sua poética e de seu processo criativo. Lopreto o define como “um artista incansável e nobre na busca de aprendizado com expressão própria e de grande talento”.


Nesta mostra, o artista apresenta, por meio de suas esculturas, os frutos de seus insights, como manifestações de energia que trazem a reflexão sobre o resíduo, explorando-o em cores e formas. Os resíduos são como símbolos que regem o mundo dos recicláveis. As esculturas são articuladas a partir das cores, da presença das espirais, das linhas paralelas e entrecruzadas, dos semicírculos e das geometrias que expõem a sedução do artista pelo universo das formas. Formas que são fruto de seus questionamentos e de suas interações com o ambiente que o circunda. O olhar de Luciano é encantado pela dança e pela música que estão intrínsecas em sua mente, embalando-o e deixando-o seduzir pelas texturas – rastro dos materiais cerâmicos, do ferro, do aço e da argila que envolve o ambiente residual.


A experiência com as obras de Luciano resgata e revela a beleza por meio dos tesouros que habitam a imaginação e o ambiente em que vivemos. (Chico Cortez - Crítico e Curador)


Exposição acontece, de terça à sábado das 9 às 18h, até 27 de Janeiro de 2024 na Casa de Metal Centro Cultural


Rua Antonio Comparato, 218 - Campo Belo

Comentários


bottom of page