top of page
Buscar

Exposição na Japan House São Paulo apresenta paisagens e da cultura japonesa a partir de miniaturas

As fotografias e maquetes apresentam a paisagem e cultura do Japão por meio do "mitate", conceito tradicional japonês que sugere novas interpretações para objetos do cotidiano

A floração das cerejeiras, a marcante presença do Monte Fuji, os restaurantes de sushi em esteiras, a prática de artes manuais e marciais, além das tradicionais festividades japonesas são apenas algumas das cenas retratadas em miniaturas - sob o conceito “mitate” - pelo fotógrafo japonês Tatsuya Tanaka, que estarão em exibição na Japan House São Paulo entre os dias 16 de maio e 8 de outubro de 2023, com entrada gratuita.


Ao todo são 37 obras criadas a partir de elementos como conchas, alimentos como macarrão e sushi, itens de maquiagem, canudos, pregadores, leques, entre outros objetos do dia a dia japonês, que estarão divididas em cinco grupos principais: estações do ano e seus eventos, cenas do Japão tradicional, cenas do Japão moderno, vida cotidiana e práticas tradicionais. Na mostra inédita “Japão em miniaturas - Tatsuya Tanaka”, o público poderá reconhecer cerdas de escovas que se tornam plantações arroz, embalagens da soja fermentada japonesa, nattō, que remetem à arquitetura de um importante castelo japonês, sushis enfileirados em esteiras que remetem à trens e carros em trânsito e até canudos verdes que podem ser confundidos com um bambuzal a partir da mudança de perspectiva e escala.


Internacionalmente conhecido pelo projeto Miniature Calendar realizado em suas mídias sociais, Tanaka ilustra o conceito “mitate” em todo seu trabalho, onde a arte em miniatura é fotografada com temática de bonecos de diorama e coisas do dia a dia. Acredita-se que o “mitate” esteja enraizado na cultura japonesa - que desde sempre conviveu em harmonia com a natureza - para compensar com a imaginação coisas faltantes ou vazios. Esse senso estético ainda é presente na literatura, cerimônia do chá, jardinagem, entretenimentos do período Edo (Kabuki e Rakugo) e gastronomia. “Nesses pequenos universos criados por ele, o que chama a atenção é sua percepção quase fantástica, que lembra a mais pura imaginação infantil sobre os objetos, renovando e reformulando seus significados a todo instante”, explica a diretora cultural da Japan House São Paulo e curadora da exposição, Natasha Barzaghi Geenen.


Tanaka também faz questão de inserir na mostra o elemento que o fez iniciar a produção de miniaturas e suas fotografias, o brócolis, criando uma pequena floresta desse vegetal na obra que recebe o visitante no espaço da Japan House São Paulo: “o brócolis é o material que me inspirou a olhar os objetos e a pensar em outras possibilidades com eles. Quando digo que se parecem árvores, pessoas em todo o mundo podem se relacionar com essa ideia”, comenta.


A exposição ainda traz uma maquete inédita, elaborada a partir de conversas entre o artista e a JHSP, especialmente para esta mostra no Brasil. Os materiais principais escolhidos foram o arroz e o feijão. "Ao ouvir sobre a feijoada, prato que se come com arroz, assim como o karê, comecei a pensar na possibilidade de expressar a areia branca e o mar utilizando esse prato típico. Também soube que no Rio de Janeiro, à beira da praia, há calçadas com padrões de ondas feitas de pedras pretas e brancas. É isso que imagino quando penso no Brasil. O feijão preto e o arroz são alimentos familiares aos japoneses também, e penso que, apesar de estarem de lados opostos do mundo, Brasil e Japão possuem culturas com aspectos semelhantes”, avalia o fotógrafo.


Exposição“Japão em Miniaturas - Tatsuya Tanaka”

Até 8 de outubro de 2023

Japan House São Paulo, térreo

Avenida Paulista, 52, São Paulo/SP

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 18h; sábados, das 9h às 19h; domingos e feriados, das 9h às 18h

Entrada gratuita. Reservas online antecipadas (opcionais): https://agendamento.japanhousesp.com.br/

Comments


bottom of page