Buscar
  • Redação JBA

Espetáculo infantil O Menino e a Cerejeira comemora cinco anos de trajetória

Apresentações online podem ser conferidas nos dias 17 e 18 de abril

Imagem: Eduardo Petrini

Adaptado da obra do filósofo, escritor pacifista e líder budista japonês, Daisaku Ikeda, e levado à cena pela Borbolina Cia, sob direção e dramaturgia de Stella Tobar, o espetáculo infantil O Menino e a Cerejeira tem cinco anos de história e já foi visto por mais de 35 mil pessoas com excelentes críticas em seu currículo. Com enredo lúdico e emocionante, o espetáculo faz temporada comemorativa online até o dia 18 de abril, aos sábados e domingos, às 16h, pelo Youtube.


Em um cenário pós Segunda Guerra Mundial, os japoneses buscam alternativas para viver melhor. De um lado, um senhor já idoso cuida da única cerejeira sobrevivente aos bombardeios. Do outro, um garoto triste, Taiti, tenta superar a perda do pai na guerra. Assim, surge uma amizade mais forte do que qualquer conflito, que levará o menino a encontrar sua força e coragem para trazer a luz da esperança para todos da aldeia.


O Menino e a Cerejeira utiliza elementos da cultura oriental para conversar diretamente com o público por meio da arte. O cenário é composto por taikôs (tambores do Japão), painéis e bonsai, que ajudam a compor o enredo de forma lúdica e vibrante. Com diálogos sinceros e uma trilha sonora original, a peça ensina a toda a família sobre esperança e amizade, deixando a promessa de um mundo mais justo e humano.


“Existe um princípio da filosofia oriental que fala na possibilidade de transformar o veneno em remédio. Acredito que é isso o que estamos fazendo na prática, com a oportunidade de levar a mensagem de esperança da peça em formato digital para mais e mais pessoas. O espetáculo fala de resiliência para superar as adversidades. ‘ Depois do inverno, sempre vem a primavera’, ensina o senhor da cerejeira ao menino Taiti, na peça. Acredito que estamos enfrentando um rigoroso inverno pandêmico e suas consequências terríveis. Mas também, em meio a esse caos, precisamos evidenciar a coragem e a humanidade para resistir, pois a primavera da cura e de tempos melhores virá.”, reflete Stella Tobar.


A produção foi especialmente filmada para essa plataforma por meio do Edital Proac Expresso Lei Aldir Blanc, que possibilita um auxílio emergencial aos artistas que, neste momento, estão impossibilitados de apresentar suas obras ao vivo.


Serviço

O Menino e a Cerejeira

17 e 18 de abril

Sábados e domingos, às 16h

Transmissão: Página do Youtube da Borbolina Cia

2 visualizações0 comentário