top of page
Buscar

Dia Mundial do Refugiado: evento oferecerá exames de saúde, documentação e ofertas de emprego

Realizado no Centro de Integração da Cidadania da Barra Funda, o evento será realizado no dia 20 de junho.

Apoiar o imigrante e, sobretudo, o refugiado – combatendo a xenofobia e a islamofobia – vem inspirando a Federação das Associações Muçulmanas do Brasil, FAMBRAS, a promover e participar de diversas ações. A próxima, promovida pela Secretaria de Justiça e Cidadania do Estado de São Paulo, será o Mutirão de Serviços para Migrantes e Refugiados e acontecerá no dia 20 de junho, das 10h às 15h, no Centro de Integração da Cidadania da Barra Funda, conhecido como CIC Imigrante.


A Federação participará deste evento que celebrará o Dia Mundial do Refugiado. Oferecerá a esta população exames de saúde gratuitos, para detectar hipertensão e diabetes, cortes de cabelo, além de distribuir 500 cestas básicas para pessoas cadastradas previamente pelo CIC.


A entidade também colaborará com um importante objetivo do evento: fomentar a empregabilidade entre os imigrantes e refugiados. “Há algumas oportunidades de emprego em parceiros. Esperamos que essas vagas sejam preenchidas e, assim, essa população possa se estabelecer no país com toda dignidade”, diz o vice-presidente da FAMBRAS, Ali Zoghbi.


De acordo com a Acnur – a agência da ONU para Refugiados – no começo deste ano existiam mais de 65 mil pessoas registradas como refugiadas no Brasil. São Paulo é a cidade que mais recebe essas pessoas.

“Sabemos que o imigrante já estabelecido ou mesmo o refugiado, muitas vezes, não consegue ter acesso imediato ao serviço de saúde pelas mais variadas razões – que vão de dificuldades do idioma, passando pela ausência de documentos, e até mesmo a falta de condições financeiras para uma consulta particular”, avalia Zoghbi. “Por isso, vamos oferecer exames básicos, mas extremamente importantes. Já o corte de cabelo vem contribuir com a autoestima, dessas pessoas”.


No que tange à doação de alimentos, o vice-presidente acredita que é outra ajuda que fará diferença. “Muitas pessoas ainda sentem os efeitos da pandemia e estão até passando fome. É preciso ajudar”.


A ação do dia 20 de junho, além da FAMBRAS, contará com outras parcerias importantes como a ACNUR, Agência da ONU para Refugiados, a Cruz Vermelha, a OAB Seção São Paulo, Colégio 24 de Março, Casa Venezuela, Centro de Direitos Humanos e Cidadania do Imigrante (CDHIC), ONU Migração, CRAI Móvel São Paulo, entre outras.


Quem for ao evento, além dos exames de saúde e cortes de cabelo gratuitos, terá acesso a orientação jurídica, serviços migratórios e emissão de documentos – serviços oferecidos pelo CIC. Haverá ainda encaminhamento para o mercado de trabalho, palestras e outras atividades.

Evento Dia Mundial do Refugiado

20 de junho, das 10h às 15h

CIC do Imigrante

Rua Barra Funda, 1020 - Santa Cecília.

Público-alvo: imigrantes e refugiados de todas as idades e perfis sociais

bottom of page