Buscar
  • Redação JBA

Diálogo no Escuro volta ao Brasil com apresentações e workshops em São Paulo

Exposição levará público para experiência de como é o mundo sem o sentido da visão, durante temporada na Unibes Cultural

Diálogo do Escuro, projeto criado pela Dialogue Social EnterpriseTM, da Alemanha, que já passou por mais de 40 países, entre eles o Brasil, está de volta para uma temporada na capital paulista. Além do mote cultural, a instalação é também uma experiência de diversidade, inclusão e empatia e ainda promove conexão e integração.


Durante a temporada, a partir de 4 de agosto, o público terá oportunidade de vivenciar o IN-visível. Conduzidos por guias com deficiência visual, em uma inversão de papeis, os grupos irão caminhar por salas escuras e estruturadas para que tenham as sensações de cheiro, temperatura, som e textura como se estivessem passando por parques, ruas, bares, entre outros ambientes do cotidiano. Durante o trajeto, os participantes poderão interagir com os guias para tirar dúvidas ou saber mais sobre a rotina de um deficiente visual nos grandes centros e desta forma quebrar barreiras e preconceitos.


“O objetivo do projeto Diálogo no Escuro é mostrar para o ser humano que o impossível não existe e que nós determinamos nossos próprios limites. Promove ainda a coexistência e a diversidade, por meio do encontro, experiência e diálogo entre diferentes grupos. Depois da experiência, o público certamente passará a notar ao seu redor, a acessibilidade de espaços e serviços onde vive”, reforça Andrea Calina, Sócia Diretora da Calina Projetos.


Criado em 1989 pelo filósofo alemão Andreas Heinecke, o projeto Diálogo no Escuro está em exibição há mais de 30 anos e passou por 140 cidades de cerca de 40 países. A exposição foi vista por quase 10 milhões de pessoas e os workshops resultaram em treinamento de milhares de gestores e colaboradores no mercado corporativo mundial.


Diálogo no Escuro é uma realização da Calina Projetos e Unibes Cultural, que também foram responsáveis pela montagem da exposição no Brasil, entre os anos 2015 e 2016, em São Paulo e Rio de Janeiro, com o registro de 75.000 visitantes. Para esta edição, a exposição conta com o patrocínio de GetNet, Eurofarma, Drogasil e IHS.


Workshops em Empresas

Nesta passagem pelo Brasil, a organização também dispõe de um programa de workshops para empresas, com foco em competências socioemocionais com temas como inclusão, diversidade, empatia, escuta ativa, respeito, conexão, entre outros. Com dinâmicas em grupo, realizadas na escuridão, os participantes enfrentarão casos semelhantes a situações da rotina corporativa e de negócios.


Por meio de exercícios diversos, os facilitadores demonstram que pessoas com deficiência possuem competências que agregam valor às empresas e projetos, além de contribuir com as políticas de inclusão e diversidade. Estes workshops exploram instintos e potencialidades não utilizados normalmente para alcançar os objetivos descritos. A escuridão acelera, amplifica e ancora os processos de aprendizagem.


Para mais informações sobre o projeto Diálogo no Escuro: www.dialogonoescuro.com.br


Diálogos no Escuro – Exposição e workshops

A partir de 4 de agosto

Unibes Cultural, Rua Oscar Freire, 2.500 - Sumaré (ao lado do metrô Sumaré)

Quinta a domingo, das 12h às 19h (sessões com 45 minutos de duração e grupos com até 8 pessoas)

Ingressos: R$30 | R$15 (meia entrada) na plataforma Sympla

Quinta Gratuito – com agendamento também via Sympla.

Crianças a partir dos oito anos e, até os 12, acompanhadas dos pais.