top of page
Buscar

Conviver com as decepções

Por Padre Ezequiel Dal Pozzo


Foto: Pixabay

Buscar o melhor é perceber que existem pessoas perto de nós, que nós podemos estar mais próximos de Deus, que nós podemos estar mais próximos das pessoas e consequentemente de nós mesmos. Tem muitas pessoas que estão distanciadas de si mesmas e viver feliz significa estar em contato consigo mesmo.


Vamos refletir sobre as decepções, os ferimentos que existem em nossa vida. A vida sempre nos provoca decepções. Nós nos decepcionamos conosco mesmos, nós nos decepcionamos com projetos que nós pensamos e não deram certo, nós nos decepcionamos com pessoas, nos decepcionamos muitas vezes com a igreja, com as instituições, com a política. As decepções fazem parte da nossa vida. Muitos reagem aos desenganos com certa resignação, mas também com revolta; a pessoa fica revoltada diante da decepção. Procuram ajustar-se com a vida assim como ela é. Mas em seu coração, toda a vitalidade e toda esperança veio a morrer. Os sonhos de sua vida foram sepultados, mas a decepção também pode me conduzir ao tesouro. Então, eu posso ficar revoltado e decepcionado, desesperançado diante da decepção, ou eu posso perceber que aí tem um tesouro.


Talvez eu queira libertar-me das ilusões que alimentei a respeito de mim mesmo e do meu futuro. Talvez eu tenha visto tudo com óculos cor-de-rosa e agora a decepção arrancou meus óculos da cara e mostrou-me a verdade da minha vida. A decepção elimina o engano a que eu havia sucumbido, desmascara-o. Mostra-me que minha imagem ideal não estava correta, que eu havia feito uma avaliação errada de mim mesmo e dos outros. Desta forma, a decepção é a oportunidade para descobrir o verdadeiro eu, a imagem que Deus fez para si de mim. É evidente que primeiro a decepção dói, mas através da dor, eu posso aprender a me reconciliar com a realidade e assim viver de uma maneira realista e adequada. Que nós possamos lidar com as nossas decepções sem perder a esperança. Deus está conosco. Precisamos nos reconciliar com tudo aquilo que acontece. Eu desejo a você muita graça, muita paz, que este tempo seja um tempo favorável para nós buscarmos o melhor.



Padre Ezequiel Dal Pozzo é graduado em Filosofia e Teologia e mestre em Teologia Sistemática e acredita que a música tem poder de formar o espírito. Por meio de suas músicas e textos, busca ajudar as pessoas a encontrarem o verdadeiro sentido da vida. (contato@padreezequiel.com.br)



bottom of page