top of page
Buscar

Conheça cinco atitudes que as pessoas confundem com o ato de organizar

Muito que se chama de “arrumar a casa”, na verdade, tem outro propósito e função que não, necessariamente, organizar as coisas nos lugares corretos. Com rotinas cada vez mais puxadas, o tempo gasto para cuidar de tarefas domésticas é cada vez menor, e com isso, acumulamos objetos desnecessários e protelamos esse olhar pra dentro do nosso próprio lar. E, se não bastasse isso, acabamos confundindo esse papel de organizar nossa casa com outras atividades domésticas que, mesmo que se assemelhem, possuem papéis distintos entre si.

Para que possamos entender a função de cada tarefa de casa sem confundi-las com organização do lar, a personal organizer especialista em desapego Nalini Grinkraut listou cinco atividades que geram essa confusão. Veja a lista, entenda o papel de cada uma e o que elas possuem de diferente entre si.


1 - Limpar: Talvez a que mais se confunde com organizar a casa. Fazer a limpeza diária de superfícies para a manutenção da casa está longe de atingir a complexidade que sugere a organização.


2 - Guardar objetos: Colocar de volta os itens em seus respectivos lugares também ganha destaque quando se pensa em organizar um ambiente. Porém esse movimento é muito mais um hábito de manutenção do que efetivamente a organização. Como por exemplo guardar a louça quando está seca, pendurar o casaco quando se chega da rua e tantas outras.


3 - Faxina: Diferente de limpar, aqui o conceito trata de uma limpeza mais profunda. Mas, ainda assim, não ocupa a mesma função da organização. Nela você tira o “grosso” da sujeita, arrasta móveis, usa produtos de limpeza e mantém esse resultado com a limpeza diária.


4 - Decorar: Enfeitar o ambiente, colocar flores, uma nova cortina ou um abajur moderno não tornam o ambiente organizado. Essa prática contribui para compor um ambiente, mas, se os objetos estiverem em lugares inadequados, de nada irão contribuir para a presença de um ambiente realmente organizado.


5 - Esconder a bagunça: Quem adora ter gavetas, caixas organizadoras, cestos, nichos e outros “esconderijos” para aquelas miudezas que se acumulam pela casa, sabe do que esse item trata. Mesmo estando fora da vista, a bagunça ainda existe, apesar de camuflada.

ความคิดเห็น


bottom of page