Buscar
  • Redação JBA

Conheça 5 destinos para celebrar o Dia Internacional das Mulheres com viagens inspiradas na história

O Dia Internacional das Mulheres, celebrado no dia 8 de março, é uma ótima ocasião para homenagear a luta e as conquistas das mulheres ao longo da história. Segundo uma pesquisa da Booking.com, 76% dos viajantes brasileiros consideram a visita a lugares históricos uma motivação importante para viajar*. Pensando nisso, a Booking.com reuniu cinco destinos ao redor do mundo com atrações que lembram as conquistas pelos direitos das mulheres no passado, sem esquecer da luta que ainda temos pela frente.

International Women's Air & Space Museum (Reprodução)

Cleveland, Estados Unidos: Localizada na região nordeste de Ohio, esta cidade cheia de diversidade cultural oferece muitas atrações, como o Museu de História Natural de Cleveland e o Rock and Roll Hall of Fame. Outro destaque é o International Women's Air & Space Museum, dedicado à história e cultura das mulheres em todos os setores da aviação e da engenharia aeroespacial. Um museu que conscientiza o público sobre as contribuições que as mulheres fizeram - e continuam a fazer - nessa área. Onde se hospedar: Localizado no coração de Cleveland, o elegante Drury Plaza Hotel Cleveland Downtown é perfeito para viajantes interessados em cultura. O hotel fica a uma curta caminhada do International Women's Air & Space Museum, assim como de outros pontos turísticos, como o Museu de História Natural de Cleveland e o Rock and Roll Hall of Fame and Museum. Após um dia conhecendo a cidade, é possível relaxar em um quarto de luxo com decoração moderna, antes de curtir uma refeição e um drinque no bar do hotel.

Passeio histórico na East End. (Reprodução)

Londres, Reino Unido: Esta cidade vibrante tem atrações para todos os gostos, graças ao seu rico patrimônio histórico, opções gastronômicas refinadas e sofisticada cena fashion. Para expandir o conhecimento sobre a história das mulheres, uma dica é participar de um passeio histórico sobre as operárias da região londrina conhecida como East End. Nesse passeio, os viajantes terão a oportunidade de aprender sobre as trabalhadoras dos últimos séculos que viviam na região leste da capital. Durante o percurso, é possível conhecer as conquistas dessas mulheres, assim como importantes pontos históricos. Onde se hospedar: Com vista para a icônica Torre de Londres, a Tower Bridge e o Rio Tâmisa, Citizenm Tower of London é um ótimo ponto de partida para conhecer a história de Londres e curtir paisagens da cidade. Com pé-direito alto, os quartos apresentam uma decoração artística e bem iluminada. Alguns também oferecem vistas para o horizonte londrino. Além disso, a acomodação fica a apenas 1 minuto a pé do ponto de partida do passeio sobre as mulheres do East End.

Museo de La Mujer (Reprodução)

Buenos Aires, Argentina: Esta capital é famosa por sua alta gastronomia, pontos históricos e entretenimento. Para aprender sobre a história das mulheres, vale conhecer o Museo de la Mujer, que abriga exposições artísticas e documentais que abordam temas culturais e históricos, principalmente na Argentina e em outras partes da América Latina. O museu também examina a mudança no papel das mulheres ao longo da história, assim como os desafios que elas ainda enfrentam por todo o mundo. Onde se hospedar: Além de oferecer uma academia e bar, o elegante Huinid Obelisco Hotel está localizado bem no centro de Buenos Aires – o local ideal para passeios turísticos. Há muitos pontos de interesse por perto, como o Teatro Colón e o Palácio Barolo. Além disso, esse hotel também está a uma curta caminhada do Museo de la Mujer.

Walking tour Mulheres de Nápoles (Reprodução)

Nápoles, Itália: os viajantes podem conhecer as mulheres de Nápoles em um passeio a pé, percorrendo as ruas enquanto ouvem a história de algumas das figuras mais influentes da cidade, como a Rainha Sância de Maioca e Santa Patrizia, além de aprender sobre personagens de lendas locais. Localizada no sul da Itália, esta cidade charmosa é conhecida por suas ruínas antigas, deliciosa gastronomia e incríveis atrações turísticas, incluindo um palácio real e sete castelos. Onde se hospedar: O Nova Relais está localizado em um edifício do século XVIII, com unidades bem equipadas e decoradas com uma estética minimalista. A partir de lá, é possível conhecer as principais atrações da cidade, como o Museu Arqueológico Nacional de Nápoles, as Catacumbas de Saint Gaudioso e a Piazza Bellini, de onde parte o passeio a pé sobre as mulheres de Nápoles.

Museu da Guerra e dos Direitos Humanos das Mulheres (®œKim)

Seul, Coreia do Sul: No Museu da Guerra e dos Direitos Humanos das Mulheres, em Seul, os viajantes aprendem sobre a trágica história das "mulheres de conforto" - mulheres escravizadas sexualmente por militares japoneses durante a Segunda Guerra Mundial. O museu analisa o problema da violência sexual em situações de conflito, advogando por um mundo não só livre da guerra, mas também da violência contra as mulheres. O caso das mulheres de conforto só ganhou projeção internacional em 1991, 50 anos após o conflito. A vasta metrópole de Seul reúne arranha-céus modernos com templos budistas e palácios. Onde se hospedar: Com janelas panorâmicas, jardim na cobertura, uma piscina ao ar livre e academia, o Amanti Hotel Seoul fica a uma curta caminhada do badalado bairro de Hongdae. Além de estar perto do Museu da Guerra e dos Direitos Humanos das Mulheres, o hotel também fica próximo da Ewha Womans University, a maior instituição educacional feminina do mundo. *Pesquisa encomendada pela Booking.com e realizada de maneira independente com 47.728 entrevistados em 28 mercados. Para participar dessa pesquisa, os participantes deveriam ter mais de 18 anos, terem viajado pelo menos uma vez nos últimos 12 meses e serem responsáveis pela decisão ou estarem envolvidos no processo de tomada de decisão da viagem. A pesquisa foi feita on-line e ocorreu em novembro de 2020.