Buscar
  • Redação JBA

Cia. Práxis Arte estreia espetáculo online ‘OFF HAMLET’

Com direção de Erick Gallani e codireção de Fernando Aveiro, montagem parte de estética documental e cria uma uma versão ensaística para o clássico de William Shakespeare

Imagem: Thiago Drummond / Divulgação

A Cia. Práxis Arte estabelece um diálogo entre o teatro e a linguagem audiovisual para criar uma versão ensaística de um dos textos mais importantes do teatro mundial. A peça online “OFF HAMLET”, inspirada na obra prima do bardo inglês William Shakespeare (1564-1616), será gravada em vídeo e transmitida gratuitamente por meio do canal do grupo no YouTube entre os dias 6 e 11 de abril, de terça a domingo, sempre às 20h.


O espetáculo tem direção de Erick Gallani, codireção de Fernando Aveiro e elenco formado por Débora Rios, Fernando Aveiro, Henrique Lanfranchi, Naiene Sanchez, Tamara Noleto, Thiago Cuimar e Vinicius Torres. Os figurinos são de Rosângela Ribeiro e a direção de fotografia é assinada por Thiago Drummond.


A nova versão para a conhecida tragédia de Hamlet foge daquela proposta de encenação mais tradicional do clássico. Sete atores/atrizes se revezam no papel do Príncipe Hamlet, que tenta vingar a morte de seu pai, o rei, executado por Cláudio, seu irmão, que o envenenou e em seguida tomou o trono, casando-se com a rainha.


Enquanto interpretam seus personagens, os atores também falam sobre a narrativa, exprimem suas impressões sobre os personagens e contam despretensiosamente a história. E a separação entre palco e bastidores fica evidente o tempo todo de forma que o público possa ver o que há por trás das câmeras.


“A ideia é partir de uma estética documental, intercalando cenas da peça, resultantes do encontro entre ator e personagem, para mostrar um pouco da obra, e dentro dessa proposta, revelar o making of do processo criativo. Isso acaba se tornando mais viável por ser uma linguagem do audiovisual, na qual a edição é um processo intrínseco. Nessa linguagem não é mais a palavra e sim a imagem, a fotografia, a edição e o som que interessam, o que, de certo modo, tira do ator a primazia da ação.


Em nosso processo essa é a contradição e o desafio, pois ao contrário do ritmo audiovisual da edição, o nosso foco no teatro é no trabalho do ator e da palavra, o que nos afasta de qualquer outro aparato que não seja o material humano: corpo e voz.


Dentro deste paradoxo, entre a apologia à palavra e a linguagem imagética do audiovisual, nós buscamos nesta montagem manter ao máximo o que há de mais humano.” comenta o diretor Erick Gallani.


Na trama original do clássico shakespeariano, o Príncipe Hamlet está em luto por conta da morte de seu pai, o Rei da Dinamarca. O jovem se vê assombrado pelo fantasma do monarca e trama uma vingança contra seu tio Cláudio, que envenenou o próprio irmão para se casar com a rainha e assumir o trono.


Escrita entre 1599 e 1601, a obra trata de temas atemporais e universais, como traição, loucura, vingança, fratricídio, corrupção, oportunismo, moralidade e morte. E a encenação é mais uma tentativa de compreender e discutir todas essas questões tão urgentes para alcançar um entendimento mais abrangente da turbulenta realidade contemporânea.


Gallani conta que vem se preparando para uma futura encenação desde 2015. “Nessa ocasião, surgiu a ideia com a Cia. Práxis Arte de fazer uma espécie de Hamlet modernista, que se confronta com o pós-moderno (pós-dramático). Este trabalho de agora, está totalmente permeado deste conceito, então, considero esta transmissão on-line (Off Hamlet) uma etapa/continuidade desse estudo para a conclusão desta montagem presencial futuramente.”, antecipa o encenador.


A atual montagem é é contemplada pela Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo e do Ministério do Turismo, Governo Federal.


Serviço

Off Hamlet, com direção de Erick Gallani

Apresentações: 6 a 11 de abril, de terça a domingo, às 20h

Transmissão pelo canal da companhia: www.youtube.com/c/PráxisArte

Ingressos: Grátis

Duração: 50 minutos

Classificação: 16 anos

Facebook: @praxisartee

Instagram: @praxisarte

4 visualizações0 comentário