Buscar
  • Redação JBA

Centro Cultural Vila Itororó abre as portas com iluminação artística e instalações interativas

Em programação gratuita, o Centro Cultural recebe iluminação cênica, espetáculo com música, projeções e acervo literário

Iluminação cênica da Vila Itororó (Imagem: Divulgação)

O Centro Cultural Vila Itororó será reaberto ao público no próximo dia 10 de setembro, a partir das 18h, com programação 100% gratuita. O espaço, composto por mais de dez edificações construídas no início do século XX entre os bairros da Liberdade e da Bela Vista, passou por um processo de restauro desde 2013 para que pudesse ser plenamente utilizado, com segurança, para as mais diversas atividades artísticas e de lazer. O conjunto ocupa uma área de cerca de 6.000 metros quadrados e foi tombado pelo CONPRESP em 2002 e pelo CONDEPHAAT em 2005. Porém, apenas o espaço do Galpão estava disponível para atividades culturais até o momento.


Para marcar a inauguração, o complexo ganha um projeto de iluminação cênica da artista Lígia Chaim, intitulado “Fonte de Luz do Itororó”, e uma celebração noturna com show de Jairo Pereira no Éden Itororó e Projeto Freebeats na Piscina, projeto de música eletrônica com projeções de vídeo arte. Já no sábado, dia 11, a Vila estreia no circuito cultural paulistano integrando a Jornada do Patrimônio – evento reconhecido pelo prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) que, em 2021, acontece nos dias 11 e 12 de setembro, reunindo atividades diversas ligadas à memória da cidade.


Como parte da programação, a Vila recebe no domingo, dia 11 de setembro, às 18h, a peça “Adoniran reencontra Elis na Vila”, dirigida por Paula Klein. A obra parte do encontro de Adoniran Barbosa e Elis Regina nos anos 70, em que o cantor andou pelas ruas do Bixiga apresentando o bairro para Elis, passando pela Vila Itororó. Esse passeio representa importante memória cultural e afetiva para a Vila, que também foi onde os dois gravaram o videoclipe de “Saudosa Maloca”, em 1978.


O público poderá, ainda, explorar o projeto Vozes do Itororó, que oferece uma experiência imersiva em áudio 3D, levando os visitantes a uma viagem pelo passado do bairro e da construção. Essa intervenção, idealizada pela ExCompanhia de Teatro, será permanente.

Entre as novas atividades previstas para o Centro Cultural Vila Itororó, estão sessões de cinema ao ar livre, às quintas-feiras, com o projeto Cine Clube Éden – uma homenagem ao Clube Éden Liberdade, um espaço esportivo que funcionava ali e que incluía a piscina, que recebe águas do rio Itororó e que, agora, será palco de intervenções artísticas e musicais. A programação, a ser divulgada em breve, ainda prevê a realização de shows intimistas, feiras gastronômicas e de artesanato, oficinas e exposições, e haverá um café para que os visitantes possam se aconchegar ainda mais.


Por fim, o público também pode contar, desde a inauguração, com um acervo literário voltado, especialmente, para literatura infantojuvenil, mas que também envolve material relacionado a patrimônio cultural, arquitetura e história, incluindo conteúdo sobre a ocupação da Vila. Futuramente, a biblioteca será integrada ao Sistema Municipal de Bibliotecas de São Paulo.


Serviço:

Inauguração da Vila Itororó

Sexta-feira, 10 de setembro – a partir das 18h

R. Maestro Cardim, 60 - Bela Vista, São Paulo - SP, 01323-000

vilaitororo.prefeitura.sp.gov.br


20 visualizações0 comentário