Buscar

#CCBBeducativoEmCasa lança novos conteúdos online para toda a família

Atualizado: Ago 14

Em continuidade às suas atividades online, o Programa CCBB Educativo, com o #CCBBeducativoEmCasa, apresenta o conjunto de conteúdos inéditos do período de 18 a 31 de agosto, com muita contação de histórias, oficinas, curso e visitas mediadas. Todas as atividades inéditas são publicadas na plataforma www.ccbbeducativo.com nas suas respectivas datas, sempre às 10h, e seguem disponíveis ao público gratuitamente. 

CONTEÚDOS INÉDITOS - Lançamentos da semana de 18 a 31 de agosto de 2020 

Terça (18/08): Em Libras: Viagens” - A semana começa com uma atividade para o público em geral. Na atividade, Rosely Lucas propõe uma conversa, em libras, sobre viagens ao redor do mundo, passando por lições que abordam o vocabulário da Língua Brasileira de Sinais, uma introdução aos sinais desse campo semântico. 

Quinta (20/08): Visitas Patrimoniais – Na data haverá mais uma atividade “Visitas Patrimoniais”, ação que investiga o patrimônio e propõe uma imersão na história do Banco do Brasil, do CCBB e da cidade. Os educadores dialogam e compartilham narrativas a partir do prédio do centro cultural e de suas respectivas exposições de acervo. A visita tem tradução em Libras.

Sexta (21/08): Transversalidades: O que é curadoria? – A atividade do dia apresenta o curso O que é curadoria? voltado para mães, pais, professores e educadores. Nessa edição, Keyna Eleison, pesquisadora e mestre em História da Arte, apresentará o trabalho de um curador e quais são suas funções.

Sábado (22/08): Lugar de Criação: retratos de família - Os retratos antigos de família são lembranças inigualáveis. Na atividade, a proposta é retratar hoje as pessoas que vivem na sua casa. Já reparou como as fotos de outros tempos nos dizem sobre os modos de se vestir e se comportar em cada época? Para reunir a família presente na residência, com diversão certa. 

Domingo (23/08): Historieta: Ciclos da Vida, com a Cia Lumiato - Nesse dia, a família poderá se reunir para ouvir a história Ciclos da Vida, que retrata a relação de uma neta e uma avó, que passa por momentos de incerteza frente a impossibilidade do encontro. A apresentação tem tradução em Libras. 

------------------------- 

Segunda (24/08): Lugar de Criação: mapa de passos - Nos mapas antigos as distâncias eram contadas em passos e os trajetos aconteciam de formas diferentes. Neste Lugar de Criação a família poderá aproveitar o dia em casa para fazer um mapa dos trajetos de um cômodo a outro.

Terça (25/08): Historieta: Casa Aura: Rapunzel e o Verdinho - Ana Cecília Pires Martins, em seus 6 aninhos, fez uma versão do clássico dos Irmãos Grimm, onde se destacam o amor à natureza e o valor da amizade e do companheirismo. Verdinho, um camaleão que jamais deixou a princesa prisioneira sozinha, teve seu nome inspirado no verde das àrvores, da grama, dos grilos, dos sapos que Rapunzel admirava olhando da janela de sua torre que quase alcançava o céu! A Casa de Apoio Aura acolhe crianças e adolescentes em tratamento do câncer e doenças hematológicas em Belo Horizonte, e seus acompanhantes. 

Quinta (27/08): Visita à exposição: Ex Africa – Nesta quinta, a escritora, professora e atriz Cristiane Sobral conduz a visitação da exposição “Ex África”, realizada em outubro de 2018, no CCBB DF, realizando uma performance com o objetivo de tensionar noções sobre a diáspora africana e o racismo presente no Brasil.

Sábado (29/08): Lugar de Criação: quadrinhos - Que tal reunir a família para ler quadrinhos? Neste sábado, a proposta é criar sua própria história em quadrinho e com seus personagens favoritos.  

Domingo (30/08): Historieta: De repente… a escuridão - A família poderá se divertir com mais uma edição do Historieta. Nesse dia, a artista Gisela Motta conta a história que narra o caminho de uma pessoa ao percorrer a escuridão, que foi realizado com desenhos e aquarelas. A atividade tem tradução em Libras

Segunda (31/08): Lugar de Criação: modelo vivo - Já pensou em desenhar a partir da imagem de alguém que fez uma pose? Este Lugar de Criação tem a proposta de utilizar a técnica ‘modelo vivo’ para produzir desenhos das pessoas presentes na residência. Reúna a família que a diversão está garantida. “Em Libras: Astronomias Na mesma data, o público poderá acompanhar mais uma edição da atividade. Rosely Lucas propõe uma conversa, em libras, sobre corpos celestes (como estrelas, planetas, cometas, nebulosas, aglomerados de estrelas, galáxias), passando por lições que abordam o vocabulário da Língua Brasileira de Sinais, uma introdução aos sinais desse campo semântico.

CONTEÚDOS JÁ DISPONÍVEIS 

 Lugar de Criação 

Já estão no ar diversas atividades direcionadas às crianças e suas famílias: o Lightpainting, uma técnica criativa de pintura que utiliza apenas a luz; Stopmotion, que incentiva a criação uma animação usando a técnica a partir de materiais disponíveis em casa; Fantoches, bonecos falantes com restos de tecidos e acessórios coloridos; e “Mensagem Indecifrável”, onde os pequenos podem criar um novo alfabeto utilizando antigos textos egípcios; Desvendando Sombras, atividade feita a partir da observação das diferentes formas que os objetos fazem no chão, nas paredes e até mesmo no teto. 

Além disso, também está disponível na plataforma, a atividade Livro de Receitas de Festa Junina, que traz uma lista de receitas de doces e salgados típicos dessa época do ano, feitos com milho, um dos principais ingredientes – pipoca, milho verde, pamonha, cural, entre outros; Minha Gazeta onde a família pode se organizar para pensar como é feito um jornal, com notícias quentes da sua casa e cidade; e o Historietas Malucas, que propõe às famílias que inventem histórias malucas, a partir de objetos que disponíveis em casa.  

Também já está publicada a atividade Metamorfose-me que incentiva as crianças a  perceberem que existem várias formas de desenhar o corpo humano, a partir de desenhos, recortes e colagens. Para conhecer outra forma de imprimir que não seja usando a impressora, a atividade Monotipia, uma técnica simples que une desenho e pintura.

Quantos sons existem a nossa volta? Em Ultra som, a proposta é experimentar os diferentes e variados sons de objetos do nosso cotidiano e criar composições feitas a partir de alternâncias e combinações. Viva a Natureza Morta! a proposta é criar cenas com objetos de casa para criar desenhos e pinturas! Sabia que desde o século XVI, pintar objetos inanimados se tornou uma prática recorrente entre os artistas?  

Em Galáxias Coloridas a família poderá pesquisar sobre as galáxias e criar planetas, estrelas e lugares ainda não descobertos. Faça uma chamada de vídeo com os amigos e a diversão está garantida. Sabia que os alimentos sempre estiveram presentes na história da arte? Na edição Carimbos Culinários a proposta é usar alimentos para transformar em objetos de arte e assim fazer os carimbos culinários.  

Quem há se aventurou a desenhar a si mesmo? Em Autorretrato a proposta é criar seu próprio autorretrato. E ao olhar pela janela, qual é a paisagem que você vê ao redor? No Lugar de criação: Inventar Paisagens, a proposta é perceber novos lugares, como o notar onde o sol se põe ou se há pássaros nas árvores lá fora. Já em Máscaras Antropomorfas a proposta é criar máscaras antropomorfas, com características humanas e animais, de maneira a proporcionar que a família se reúna, reflita e se divirta.

Historietas 

Historietas - Foto: divulgação

Ao acessar a plataforma, o público pode acessar e rever as várias histórias já publicadas. A artista visual Lia Chaia conta a história “Terra Vida”, com imagens e sons partindo de temas como a mitologia de Gaia. “Família Mobília”, a saga de uma família muito original, formada por móveis de uma residência, contada por Tatiana Blass; Também está disponível a história “Vamos Passear”, aprendida com a Ana Tatit e a Maristela Loureiro, narrada pelo grupo Serelepe, que convida as pessoas a passearem com ele por diferentes situações imaginárias, em que há perigo e desafios. 

Duas “Fábulas Fabulosas” são narradas pelos artistas Leo Ladeira e Gustavo Gaivota

Em “O Bicho Folharal”, a onça pintada é tão linda que parece uma pintura. Mas, o macaco resolveu cutucar a onça e dizer ela tinha as pernas curtas. “O Lobo-Guará e o Urubu” fala sobre o Lobo-guará que foi desafiado a cantar. A escritora e narradora Kiara Terra conta a história “O Gigante e a Cadeirinha”, inspirada em um conto que escreveu com sua filha, Thereza, sobre um gigante que amava muito sua pequena cadeirinha. 

A história “Construção Infinita” narrada pelo artista plástico Guilherme Teixeira, apresenta uma figura solitária que caminha por paisagens labirínticas e, aos poucos, descobre que é capaz de transformar as coisas à sua volta. 

A multi-artista e escritora Kiusam de Oliveira, conta a história “O Mundo no Black Power de Tayó”, um de seus livros mais premiados, que narra a vida de uma garotinha negra empoderada que "carrega o mundo em seus cabelos" e valoriza sua ancestralidade. O artista antropófago Denilson Baniwa conta a históriaAntes a noite não existia / Nhãpirikuli descobre o segredo da noite”. Contam os mais velhos que antigamente não existia a noite, todos trabalhavam sem parar na roça e ficavam sempre muito cansados, pois não tinham a noite para descansar. Nhãpirikuli era um desses que trabalhavam muito, sem descanso. Sua esposa, ao vê-lo sempre muito cansado, contou que seu pai tinha o Segredo da Noite.

A artista e educadora Giselda Perê conta a históriaO canto dos pássaros”, conto tradicional africano, que narra a história de pássaros que cantavam lindamente, e todos os admiravam por isso. Mas eles se sentiam infelizes por não acharem as suas penas as mais belas. A apresentação tem tradução em Libras. Maurício Maas, músico multi-instrumentista, conta a história “As brincadeiras de Xixo”. O personagem Xixo descobre, através de sua imaginação, um mundo novo de infinitas possibilidades, tudo ao alcance de suas mãos. A história, narrada de forma lúdica, musical e interativa, utiliza a linguagem do Teatro de Animação, através de personagens curiosos e engraçados.

Nesta edição do Historietas, a artista visual Flávia Bonfim conta a história “O rosto é um mapa”, numa leitura e recriação do fanzine homônimo sobre o caminho que traçamos no mundo, no corpo e no rosto (com expressões de alegria, espanto e tristeza), ao decidirmos desenhar o nossa própria cartografia.  

Transversalidades 

Já estão disponíveis para serem acessados três cursos: Questão de Gosto, onde Carolina Figueira, historiadora da alimentação, reflete sobre como, ao longo da história, os elementos culturais se constroem a partir de repertórios do ponto de vista alimentar. Técnicas de Aprendizagem para Bebês, que aborda o hábito da leitura a partir de reflexões feitas por Nazareth Salutto, doutora em Educação pela PUC-Rio, que atua na formação inicial e continuada de professores com ênfase nas discussões sobre infância, linguagem, bebês e crianças pequenas. E a (des)construção do patrimônio no Brasil”, um resgate da atividade realizada em  outubro de 2018, onde, Luiz Fernando de Almeida, arquiteto e urbanista, ex-presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, propôs uma reflexão sobre a noção problematizada de patrimônio, geradores de grande impacto sobre a sociedade. As apresentações tem tradução em Libras. 

O curso “A arte afro-americana”, voltado para mães, pais, professores e educadores, traz Renata Bittencourt, doutora em história da arte pela Unicamp e gestora cultural, propondo análises sobre obras de alguns destes criadores, bem como seus modos de abordagem de temas político-culturais. Em “Atravessamentos no cotidiano de uma exposição”, a artista e educadora Stela Barbieri narra sua trajetória e abordaseu trabalho como educadora e consultora nas áreas de educação e artes, além de compartilhar reflexões por trás de seus últimos trabalhos. A apresentação tem tradução em Libras. 

O Transversalidades “Cosmovisão africana da terra e das plantas”, voltado para mães, pais, professores e educadores. Ângela Maria da Silva Gomes, pesquisadora edoutora em Etnobotânica Negro Africana pela UFMG, apresenta um conceito de biodiversidade relacionado aos povos do sul global, extrapolando a dimensão física e quantitativa da variedade de flora, fauna, fungos e microorganismos. 

Com a palavra 

As visitas mediadas às exposições do CCBB são conduzidas por especialistas ou profissionais referências em temas diversos, com o intuito de apresentar, a partir de outros campos do conhecimento, múltiplos olhares e modos de conhecer e de se relacionar com a arte.  Desse projeto, já estão no ar a visita à exposição 100 anos de Athos Bulcão. Realizada em 2018 no CCBB Belo Horizonte com mediação do artista mineiro Alexandre Mancini, que trabalha a azulejaria artística a partir das lições deixadas por Athos Bulcão. O cantor e escritor Genival Oliveira Gonçalves, conhecido como GOG, faz a mediação da exposição Jean-Michel Basquait – Obras da coleção Mugabri.  

Ao longo das Visitas Mediadas, educadores dialogam, compartilham e trocam olhares, leituras e produções de significados em torno das produções, práticas e trajetórias artísticas das exposições do CCBB. “Vaivém”, exposição em cartaz no CCBB Belo Horizonte; “Linhas da Vida”, exposição do CCBB Brasília; "Ivan Serpa - A Expressão do Concreto”, em cartaz no CCBB Rio de Janeiro; e Paul Klee - Equilíbrio Instável”, exposição do CCBB São Paulo. 

Em Libras

Em “Comidas e refeições”, Rosely Lucas propõe uma conversa, em libras, sobre os alimentos, passando por lições que abordam o vocabulário da Língua Brasileira de Sinais, uma introdução aos sinais desse campo semântico. Já emCidades”, Rosely Lucas propõe uma conversa, sobre as cidades, passando sempre por lições que abordam o vocabulário da Libras.

Visitas Patrimoniais 

As Visitas Patrimoniais privilegiam o patrimônio e propõem uma imersão na história do Banco do Brasil, do CCBB e da cidade. Os educadores dialogam e compartilham narrativas a partir do prédio do centro cultural e de suas respectivas exposições de acervo.  

======== 

SERVIÇO 

Centro Cultural Banco do Brasil  

#CCBBeducativoEmCasa 

Acesso às ações e links das atividades: 

www.ccbbeducativo.com

www.bb.com.br/cultura e redes sociais dos CCBBs 

#CCBBemCasa

Acesso às ações e links das atividades: 

www.bb.com.br/cultura e redes sociais dos CCBBs                    

7 visualizações

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br