Buscar
  • Redação JBA

Capital amplia faixa etária da vacina contra o HPV para homens imunossuprimidos com até 45 anos

A rede municipal oferece três doses do imunizante nas 470 Unidades Básicas de Saúde, 17 Serviços de Atenção Especializada e três Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais

O Programa Municipal de Imunização (PMI) de São Paulo ampliou o grupo etário elegível para vacinação quadrivalente contra o papilomavírus humano (HPV), conforme diretrizes do Ministério da Saúde. Agora, três doses do imunizante estão disponíveis também para homens com imunossupressão até 45 anos de idade. O intervalo mínimo entre a primeira dose e a segunda dose é de dois meses e de seis meses entre a primeira e a terceira. As pessoas imunossuprimidas são aquelas vivendo com HIV/Aids, transplantados de órgãos sólidos ou medula óssea e pacientes oncológicos.


A Secretaria Municipal da Saúde oferece vacinação contra o HPV nas 470 Unidades Básicas de Saúde (UBSs), 17 Serviços de Atenção Especializada (SAEs) e três Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (Cries). Além disso, a rede municipal já oferece o esquema vacinal com a aplicação de duas doses para meninas de 9 a 14 anos, 11 meses e 29 dias de idade e meninos de 11 a 14 anos, 11 meses e 29 dias de idade, respeitando o intervalo mínimo entre a primeira e a segunda dose de seis meses.


Prevenção contra o HPV

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem de 9 a 10 milhões de pessoas vivendo com o HPV no Brasil. O vírus, responsável por infectar a pele ou mucosas, é extremamente nocivo para o organismo e pode levar a cânceres do colo do útero, pênis, orofaringe e boca. Fazer a utilização dos métodos de barreira, ou seja, uso de preservativo interno ou externo, é essencial para prevenir a transmissão do HPV.

Na capital, os preservativos podem ser retirados gratuitamente em todas as unidades municipais de saúde da capital paulista, nos terminais de ônibus municipais, nas estações das linhas 4-amarela e 5-lilás de metrô, nas estações Jabaquara e Tucuruvi (linha 1-azul), Consolação, Paraíso e Tamanduateí (linha 2-verde), Corinthians-Itaquera, Tatuapé, Brás e República (linha 3-vermelha), Sapopemba e São Mateus (linha 15-prata), além de quatro estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM): Guaianases (linha 11-coral), São Miguel Paulista, Engenheiro Goulart e Jardim Helena – Vila Mara (linha 12-safira).

Os endereços das unidades de saúde mais próximas podem ser consultados na página Busca Saúde.