Buscar
  • Rede D'Or

Campanha da D’Or Consultoria do Dia Mundial Sem Tabaco mostra crescente de fumantes nos últimos anos

A empresa também traz o alerta para o malefício do uso de narguilé e do cigarro eletrônico

Fumar traz inúmeros problemas à saúde e isso não é segredo. Para conscientizar sobre os riscos e as consequências deste hábito, a campanha da D’Or Consultoria, empresa do Grupo Rede D’Or, traz o tema: Algumas coisas merecem ser canceladas.


De acordo com estatísticas da OMS, o tabaco mata mais de 8 milhões de fumantes a cada ano e 1,2 milhão de pessoas morrem devido ao tabagismo passivo e, com o isolamento social, necessário por conta da pandemia, os brasileiros passaram a fumar mais.


Segundo pesquisa da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), realizada em 2021, cerca de 34% dos fumantes brasileiros declararam ter aumentado o número de cigarros fumados durante a pandemia. O crescimento está associado a sintomas de ansiedade, além de insônia, sentimento de solidão, tristeza e nervosismo.


O conceito da campanha propõe a ressignificação do termo cancelamento. “Nos tempos atuais vemos que a cultura do cancelamento é algo muito nocivo e que traz resultados bem indesejados, contudo, usamos deste mote para ressaltar que o tabagismo deve ser cancelado, alertando para essa temática de forma objetiva, com dicas para quem deseja diminuir ou até mesmo parar de fumar”, reforça Ricardo Freiesleben, superintendente de Comunicação e Marketing da D’Or Consultoria.


O hotsite da campanha traz informações não só sobre o cigarro, mas, também sobre o VAPE (cigarro eletrônico) e sobre o narguilé – dispositivo utilizado para fumar tabaco flavorizado, com sabores como menta, maça e outros.


Hábito nocivo, independente da forma

O hábito de fumar pode causar câncer em diversos órgãos, incluindo pulmão, bexiga, pâncreas, fígado, esôfago, faringe, entre outros. “A fumaça do cigarro conta com mais de 4.700 substâncias tóxicas, incluindo nicotina, monóxido de carbono e alcatrão. Enquanto a nicotina causa a dependência química, o monóxido de carbono é venenoso e o alcatrão tem mais de 50 substâncias pré-cancerígenas”, explica Sérgio Hércules, médico e superintendente de Gestão de Saúde Médica da D’Or Consultoria.


O médico também alerta que há uma falsa impressão de que o cigarro eletrônico e o narguilé não fazem mal, mas, isso não é verdade e preocupa os especialistas.


O narguilé, por exemplo, em uma hora de uso, equivale a fumar cerca de 100 cigarros e cada sessão tem em média a duração de 20 a 80 minutos. Além disso, existe o risco de transmissão de fungos e doenças como, herpes e candidíase oral, devido ao compartilhamento do bucal do aparelho.


Deixar o vício de fumar não é tarefa fácil e exige em muitos casos o acompanhamento médico e psicológico, mas é possível e os benefícios à saúde são visíveis desde o primeiro dia. Veja:


- 20 minutos: a sua frequência cai

- 2 horas: não há mais nicotina no sangue

- 8 horas: o nível de oxigênio no sangue se normaliza

- 12 a 24 horas: os pulmões já funcionam melhor

- 2 dias: seu paladar e olfato melhoram

- 3 semanas: sua respiração e circulação melhoraram

- 1 a 9 meses: a tosse e a falta de ar são reduzidas

- 10 anos: a taxa de mortalidade por câncer de pulmão é cerca de metade de um fumante e o risco de sofrer infarto é o mesmo de uma pessoa que nunca fumou


Conheça mais sobre a campanha em: https://dorconsultoria.com.br/portfolio/algumas-coisas-merecem-ser-canceladas/


Sobre a D’Or Consultoria

Empresa de corretagem do Grupo Rede D’Or especializada em benefícios. Fundada em 2015 com aposta total em inovação, a D’Or Consultoria atende a mais de 1.7 mil clientes, com 2,2 milhões de vidas administradas, movimentando R$ 3,5 bilhões em prêmio ao ano junto às maiores seguradoras de saúde do mercado.