Buscar
  • Redação JBA

Boa Ação - Morador de Campo Belo coloca placa em árvore para proteger abelhas

Se você estiver andando pelo bairro e se deparar com uma placa em uma árvore defendendo as abelhas, não se assuste. É de verdade este bilhete: existem abelhas no local e devem ser protegidas. O autor da boa ação tem 25 anos de idade, é chef de cozinha do restaurante Urban Kitchen e se chama Gustavo Rabello. Morador do bairro há quase dois anos, Rabello é o verdadeiro guardião das abelhas, tal é a sua paixão pelo assunto que pesquisou tanto até saber diferenciar uma abelha com ou sem ferrão.

Imagem:arquivo pessoal

Por isso, quando passava ao lado de uma árvore na Rua Vicente Leporace notou a colmeia. O que para muitos causa medo, para ele foi uma feliz descoberta. “Identifiquei uma colônia de abelhas Jataí, que são abelhas sem ferrões e muito importantes para o ecossistema. Geralmente essas abelhinhas formam casas nos pés das árvores, sendo assim o maior predador delas são os seres humanos”, contou. Rabello disse que viu várias vezes pessoas matando as abelhas achando que seriam pernilongos e até mesmo jogando lixo e detritos na colmeia.


“Fui perguntar para o grupo Abelhando Mundo Afora @abelhandomundoafora como poderia protegê-las, foi

Imagem: arquivo pessoal

quando tive a ideia de fazer essas plaquinhas para, além de proteger, também ensinar que ali vivem abelhas que não oferecem perigo e, o mais importante, estão polinizando todo o bairro. Acredito em defender o meio ambiente e este é o papel do cidadão e deve ser iniciado em seu bairro”, ponderou. O custo da placa, Rabello não quis comentar. Segundo ele, se uma abelha for salva, qualquer esforço já terá valido a pena. Ele também avisa que vai instalar outra placa em uma árvore na Rua Cristóvão Pereira, também no bairro de Campo Belo para a conscientização dos moradores. “Não precisa cursar engenharia ambiental ou botânica para se integrar e ter consciência na proteção do meio ambiente”, finaliza.

6 visualizações0 comentário