Buscar
  • Redação JBA

Avança Saúde Diabetes realiza mais de 14 mil atendimentos

Iniciativa promovida nas 470 UBSs teve aferição de pressão arterial, medição do Índice de Massa Corporal (IMC), avaliações odontológicas, entre outras ações

Mais de 14 mil atendimentos foram realizados neste sábado (28) durante o Avança Saúde Diabetes, promovido pela Secretaria Municipal da Saúde (SMS). A ação foi realizada em todas as 470 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade e teve como principal objetivo intensificar a assistência à saúde dos munícipes com diabetes mellitus que são assistidos pelo Programa de Automonitoramento Glicêmico (PAMG).


Somente nesta edição, 13.174 usuários mediram o Índice de Massa Corporal (IMC) e mais de 11 mil aferiram a pressão arterial. Foram realizadas ainda 3.114 leituras do glicosímetro e 8.013 avaliações do pé diabético. Além disso, cerca de 10 mil pessoas passaram por avaliação odontológica para identificação de problemas bucais mais comuns em pacientes diabéticos.


A secretária-executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância em Saúde da SMS, Sandra Sabino, destacou que "a retomada dos atendimentos após o período mais crítico da pandemia é importante, pois oferece aos usuários a oportunidade de colocarem em dia o acompanhamento à saúde".


Ao longo de todo o dia, houve acolhimento pelas equipes de saúde das UBSs, com aferição da pressão arterial, medidas de peso, altura, cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC) e circunferência abdominal, avaliação por profissionais de enfermagem dos pacientes insulinodependentes, encaminhamento para consultas de enfermagem e médica, quando necessário, além de orientação quanto ao uso racional de medicamentos, nutrição, entre outros.


As UBSs promoveram ainda rodas de conversas e ações de promoção e educação em saúde, atividades que tiveram a participação 11.867 cidadãos.


Realizado por meio da Secretaria-executiva de Atenção Básica, Especialidades e Vigilância em Saúde (Seabevs) da SMS, o Avança Saúde Diabetes faz parte das ações de promoção à saúde e combate às doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs) realizadas ao longo dos meses de abril e maio na rede do Sistema Único de Saúde (SUS) da capital. A iniciativa ocorre após o lançamento do “Viva a vida com diabetes”, no último dia 18, que conta com uma cartilha de educação nutricional e de estilo de vida e tem na Escola Municipal da Saúde (EMS) o suporte para capacitação de profissionais da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) de São Paulo no cuidado integral de pacientes insulinodependentes.