Buscar
  • Roberto Maia

Alma lavada? Torcida do Corinthians faz sua parte, mas time deixa a desejar em duelo contra o Grêmio

Por Tabatha Maia


O clima era de decisão, mais de 43 mil torcedores apaixonados ocuparam a Neo Quimica Arena, em São Paulo, uma sede de vingança de 14 anos e o último jogo do ano em casa. Sim, dá para imaginar que foi uma verdadeira festa, e poderia ter sido realmente completa com uma vitória do time alvinegro e o rebaixamento definitivo do Grêmio naquela tarde de domingo (05/12), mas o futebol dentro de campo não ajudou!


Uma semana antes da partida, que lavaria a alma corintiana, só se falava sobre o duelo e a vontade de ver o time gaúcho rebaixado em nossa casa. Que lindo! Antes do início da partida, apenas com a entrada dos jogadores, as provocações foram intensas, além dos gritos ‘Arerê, o Grêmio vai jogar a série B’, era possível ver balões de letra ‘B’, drone com mensagem provocativa e um pipa caindo em referência ao rebaixamento. Porém, quem acompanhou o jogo viu que não foi do jeito que a torcida queria afinal o Grêmio começou dominando.

“Não sei se esse recorde será quebrado um dia. Mas sempre tem alguém para melhorar os registros, eles são feitos para isso, aliás. Em todo caso, acho que ter obtido sete Bolas de Ouro é algo impressionante”, disse Messi em entrevista coletiva.


Messi acredita que a conquista da CONMEBOL Copa América foi decisiva para sua escolha ao prêmio. “Esse ano eu consegui o sonho que eu tanto queria, depois de ter tropeçado tantas vezes, escorregado na hora H. Muito desse prêmio vem do que fizemos na Copa América. E quero dividir esse prêmio com meus colegas de seleção argentina”, afirmou.


O camisa 30 do Paris Saint-Germain também ressaltou que Lewandowski deveria ter sido premiado em 2020, ano em que a France Football cancelou a Bola de Ouro por causa da pandemia do Covid-19. "Robert, você ganhou no ano passado merecidamente. Espero que a France Football possa outorgar o prêmio a você. Porque você foi o ganhador e merece levar esse troféu para casa", comentou.


Este ano, 30 jogadores foram indicados previamente pela revista francesa e a votação contou com 180 jornalistas internacionais. Além dos três primeiros colocados, o Top 10 do Bola de Ouro teve ainda Karin Benzema (Real Madrid), N'Golo Kanté (Chelsea), Cristiano Ronaldo (Manchester United), Mohamed Salah (Liverpool), Kevin De Bruyne (Manchester City), Mbappé (PSG) e Gianluigi Donnarumma (PSG). O brasileiro Neymar (PSG) ficou na 16ª colocação.

Corinthians garante vaga na fase de grupos da Libertadores 2022


Com o empate contra o Grêmio, o Corinthians garantiu uma vaga na fase de grupos da Copa Libertadores de 2022, o que não acontecia desde 2018, quando ainda era comandado pelo técnico Fábio Carille. Vale pontuar que mesmo com a vaga garantida, a torcida corintiana segue pedindo a saída do técnico Sylvinho, que assumiu o time em maio após a demissão de Vagner Mancini.


Além do alvinegro, outros times também estão garantidos na competição: Palmeiras, atual campeão, Atlético-MG, Flamengo, Athletico e Fortaleza.


Tabatha Maia é jornalista e colaboradora do Travelpedia. Roberto Maia, titular da Coluna Futebol Sem Firulas, está viajando e retorna na próxima semana.


Roberto Maia é jornalista e cronista esportivo. Iniciou a carreira como repórter esportivo, mas também dedica-se a editoria de turismo, com passagens por jornais como MetroNews, Folha de São Paulo, O Dia, dentre outros. Atualmente é editor da revista Qual Viagem e portal Travelpedia.