Buscar

Alimentação: delivery ainda é a opção mais segura

Atualizado: Jul 27

Embora restaurantes tenham sido autorizados a abrir suas portas, o risco de contaminação ainda é alto. Por isso, empresa de serviços de qualidade de vida oferece nova opção de entrega


Da Redação

Imagem: Getty Image

Desde o dia 06 de julho, mais de 23 mil restaurantes de São Paulo foram autorizados a abrirem suas portas para o consumidor, porém respeitando rígidos protocolos de segurança como ter uma áreas arejadas para permitir circulação natural de ar, trabalhar com a capacidade de atendimento limitada a no máximo 40% do salão, horário de atendimento reduzido (apenas seis horas por dia e até as 17h), uso de EPI obrigatório para toda a equipe e higienização constante do ambiente.


Isso quer dizer que todos devem usar máscara o tempo todo. Os clientes só podem tirar a máscara na hora de comer, quando já estiverem sentados prestes a se alimentar. Para os restaurantes self-service ou “quilos”, as regras vão além: é necessário que todos tenham funcionários para servir os clientes. Eles precisam estar usando máscaras, viseiras de acrílico, luvas e cabelos presos e o distanciamento entre os clientes na fila deve ser de 1,5 metros.


Ou seja, o "novo normal" para os restaurantes é muito diferente daquele que cozinheiros e clientes estão acostumados, além de apresentar estimativas nada otimistas para o setor (as previsões são de que 20% deles fechem após).


Todas essas medidas levantam a dúvida: quem está em casa fazendo home office pode se dar ao luxo de sair um pouco para fazer uma refeição fora? E quem está trabalhando na rua está seguro ao ir em um restaurante?


Em entrevista ao HuffPost Brasil, a infectologista Lina Paola, da Beneficência Portuguesa de São Paulo, ainda não é hora. “Pelo número de casos novos que a gente julga ainda ser alto, na minha opinião não é o momento. Restaurantes às vezes são lugares com ventilação prejudicada e sem janelas. Muitas vezes não vai ser cumprida a distância de dois metros entre as mesas e vai ser muito difícil fiscalizar. O mais adequado [é ir] quando os casos novos estejam mais baixos”.


Diante desse cenário, muitas empresas ligadas ao setor alimentício têm buscado soluções tanto para manter seu negócio quanto oferecer uma opção segura para o consumidor. É o caso da Sodexo. Conhecida por seu serviço de “vale-refeição”, a empresa lançou um novo modelo de serviço une sua experiência global de mais 50 anos na oferta de soluções de alimentação com a conveniência de levar também as refeições diretamente ao consumidor final, onde ele desejar. Desde maio, a empresa passou a realizar a entrega de refeições e alimentos preparados por chefs, para seus clientes.


O novo modelo é estruturado por meio de parceiras com markeplaces, que atuam com a modalidade de delivery aliados ao conceito de “Cloud Kitchen”, mais conhecido como Cozinha Invisível, um formato de operação que funciona apenas para pedidos online e que dispensa investimento em ponto de venda utilizando apenas o espaço da cozinha para o preparo dos alimentos, portanto, reduz consideravelmente os custos operacionais de um restaurante tradicional como locação de espaço para o público, folha de pagamento etc.


Para Andreia Dutra, presidente da Sodexo On-site Brasil, a transformação digital ocorrida em decorrência da pandemia permitiu a empresa se posicionar ainda mais perto das pessoas. “O consumidor está no centro de toda a nossa estratégia. A inovação e a tecnologia são importantes aliadas para que possamos manter a nossa competitividade no mercado, expandir as oportunidades de negócio e escalar a nossa entrega com excelência”, comenta a executiva.


Esse é o resultado de uma iniciativa global da marca. Nos Estados Unidos, por exemplo, a Sodexo passou a disponibilizar o acesso de refeições nas vias públicas (calçada) e itens essenciais de mercearia em seus campi corporativos. Com isso, os milhares colaboradores que atuam no país podem fazer pedidos diários durante a semana para coletar no mesmo dia as refeições preparadas, valendo também para itens de mercearia.


Todo o cardápio oferecido pela Sodexo busca trazer opções equilibradas e sensíveis às necessidades nutricionais, combinadas com os melhores ingredientes, as melhores práticas e os mais elevados padrões de segurança alimentar.


Inicialmente, as entregas estão disponíveis para em São Paulo (SP), Barueri (SP) e Porto Alegre (RS), e podem ser feitas no aplicativo de entregas Rappi. Basta acessar e procurar por Deli Express by Sodexo e Receitas de Casa by Sodexo.


Algumas das opções de pratos oferecidos pelo delivery da Sodexo (imagens de divulgação).

36 visualizações

Receba nossas atualizações

Siga nossas redes

  • Facebook - Círculo Branco

Copyright ©2020. Todos os Direitos Reservados 

Desenvolvido pela Redação do Grupo JBA

São Paulo - Brasil

joba@greco.com.br