top of page
Buscar

A Bíblia condena quem come muito

Por Fernando Jorge


Gentil leitora enviou-me estas palavras:


“Gosto de ler os seus livros deitada na cama e comendo chocolate. Adorei o seu romance “Eu amo muito Julia, que agora é Julio”, narrando a história de um homem casado com mulher que vira homem. Mas lendo os livros de sua autoria na cama, não paro de engolir chocolate e de engordar. Já engordei, por causa disso, quase dez quilos, em pouco tempo.”


E após contar isto, a minha gentil leitora indaga:


“Que devo fazer, a fim de impedir a invasão da gordura no meu corpo? Deixar de comer chocolate? Impossível! Pedir socorro a Deus, como boa cristã?”


Respondo, gentil leitora. Se a senhora é boa cristã, como afirma, abra a Bíblia e leia as seguintes palavras:


“O excesso de alimentação é causa de doença, leva à cólica” (Eclo. 37-34).


Viu, prezada leitora? Embora a Bíblia seja um livro sagrado e não de medicina, ela deu o conselho de um bom médico, especializado em gastroenterologia. Aliás, nessa mesma parte da Bíblia, podemos ler este conselho:


“Se tiveres sido obrigado a comer demais, levanta-te e vomita, isso te aliviará e não te exporás a doença” (Eclo. 31-25).


Que boa conselheira é a Bíblia! Aconselha até a vomitar quem encheu a pança! Livro maravilhoso! Não me canso quando o leio todos os dias, eu, um ser humano imperfeito, como todos nós somos.


Aceite agora o meu conselho, cara leitora dos meus livros, pare de comer tanto chocolate e decore as frases da Bíblia citadas por mim. E fé em Deus, seja forte.




Fernando Jorge é jornalista, escritor, dicionarista e enciclopedista brasileiro. Autor de várias obras biográficas e históricas que lhe renderam alguns prêmios como o Prêmio Jabuti de 1962. É autor do livro “Eu amo os dois”, lançado pela Editora Novo Século.

Comments


bottom of page